Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Mudança de PMDB para MDB “não pegou”

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Mudança de PMDB para MDB “não pegou”

Raul Sartori

Não pegou
Sob protestos de caciques do partido em SC, Paraná e Rio Grande do Sul, que virou ação judicial, em dezembro passado o PMDB mudou de nome e oficialmente agora se chama MDB. Em um almoço restrito, semana passada, no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer e o ministro Moreira Franco reconheceram que a mudança não pegou.

“Custo Brasil”
Presidente da Frente Parlamentar da Desburocratização, o deputado federal Valdir Colatto (MDB-SC) coordena hoje, no Congresso Nacional, um seminário sobre as exigências burocráticas que travam os investimentos e a atividade econômica no Brasil e representam um prejuízo de R$ 46 bilhões por ano. Colatto conta que o excesso de burocracia tem reflexos imediatos em áreas como portos, geração de energia e carga tributária. Um exemplo real: um navio pode levar até 30 dias para descarregar e carregar produtos, enquanto em outros países não passam de três.

Uberização
Um grupo de investidores de SC, por enquanto trabalhando em total isolamento, está concluindo um aplicativo chamado OBBA que, baseado na geolocalização, permite ao cliente chegar ao local exato e combinado com garotas de programa. Assim que começar a operar, inicialmente em Florianópolis e Brasília, o serviço terá, de cara, 150 garotas cadastradas.

Uva revolucionária
A Estação Experimental da Epagri em Videira acaba de colher, com sucesso, mais uma safra de uvas Piwi, variedades resistentes a doenças que prometem revolucionar o mercado, especialmente para produção de vinhos finos. Piwi é um termo alemão que caracteriza um grupo de variedades de uvas obtidas nos últimos anos via melhoramento genético, oriundas de cruzamentos com espécies selvagens. O objetivo é reunir numa só planta a qualidade das viníferas e a resistência a doença das selvagens.

Idoso valorizado
A Câmara dos Deputados aprovou projeto relatado pela deputada federal Carmen Zanotto (PP-SC) que define 2018 como o Ano de Valorização e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa. A denominação é uma referência à adesão do Brasil à Convenção Interamericana sobre a Proteção dos Direitos Humanos dos Idosos.

Burocracia asfixiante
Em SC existem cerca de 30 mil produtores de peixes de água doce e 95% deles não conseguem regularizar seu negócio ou propriedade. Trabalham na ilegalidade porque não tem como atender todas as absurdas normas ambientais. É a vitória dos nossos ecologistas de bar e passeata.

DNA
O TJ-SC e o governo do estado estão se entendendo para renovar convênio de continuidade do Programa de DNA, que funciona há 10 anos e permite a coleta de material genético ainda durante as sessões de audiência de investigação de paternidade.

Raiva de ler
Não raro ouve-se candidatos que fizeram vestibular, aprovados ou reprovados, na UFSC ou Udesc, tinindo de raiva pelo fato de terem lido, com muita paciência e esforço, os livros indicados visando melhor preparo para a prova de língua e literatura brasileira e portuguesa. A ira é contra os nobéis de literatura das duas instituições que não raro propõem perguntas absurdas questionando, por exemplo, se em uma frase pinçada desse ou daquele livro o autor usou o verbo no tempo transitivo direto, indireto, subjuntivo, perfeito ou mais que perfeito, e por aí afora. Com isso, a boa intenção pretendida – fazer esta gente ler – se perde completamente.

Geoparque
O governo estadual, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte apresentará hoje, em Praia Grande, o projeto de candidatura dos Caminhos dos Cânions do Sul como geoparque da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Geoparques são áreas geográficas únicas e contínuas onde é promovida uma estratégia de desenvolvimento sustentável baseada principalmente na conservação e na promoção educativa e turística do patrimônio geológico. A área abrangida é de 2.830 km² com mais de 73 mil habitantes de sete municípios catarinenses e gaúchos.

Quem vem
O economista Gustavo Franco, um dos fundadores do Plano Real, ex-presidente do Banco Central e agora uma das cabeças pensantes do Partido Novo, estará na Fiesc, dia 12, às 19h30, para lançar seu livro “A Moeda e a Lei”, seguida da palestra sobre as perspectivas da economia brasileira. Uma de suas últimas declarações causou impacto: disse que o Banco do Brasil seria uma estatal pronta para ser vendida.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio