Noite de grandes jogos no Amador de Futsal

Em rodada de duelos equilibrados, Energy Body e Setrat Piscinas vencem, Guarani e Companhia da Batata empatam em 3 a 3

Noite de grandes jogos no Amador de Futsal

Em rodada de duelos equilibrados, Energy Body e Setrat Piscinas vencem, Guarani e Companhia da Batata empatam em 3 a 3

A noite desta quarta-feira, 8, foi de três grandes jogos na segunda rodada do Campeonato Municipal de Futsal Amador de Brusque. O grande destaque foi o jogaço entre Energy Body e Pipeline. Guarani e Companhia da Batata; e Floripa Têxtil e Setrat Piscinas também fizeram confrontos equilibrados. O primeiro duelo acabou em 3 a 3, o outro teve vitória da Setrat por 2 a 1.

Energy Body 4×3 Pipeline

A estreia da Pipeline na competição foi contra o Energy Body, time que participa pela primeira vez da competição. E os favoritos ao título não tiveram facilidade com o adversário. Logo de cara, Wesllen Savaris mandou o recado para a Pipeline em uma sapatada de fora da área. A equipe respondeu da mesma forma, mas mandou para fora. Na sequência, Pipeline tentou pressionar. José Afonso ajeitou de calcanhar para Renan Dalago, que chutou na trave.

Pouco depois, o Energy Body foi fatal. Sem espaço, Eron chutou forte de longe e o goleirão da Pipeline espalmou para dentro do gol. O empate veio próximo aos dez minutos. Em uma tabela rápida, Patrick Debrassi finalizou, o goleiro ainda tocou na bola antes de ela bater na trave e entrar. Depois do gol, João Schaefer, o Tonho, quase virou a partida.

Mas quem voltou a comandar o placar foi o Energy Body. Outra vez com Eron. Desta vez o camisa 10 tirou a marcação e mandou no cantinho para fazer o segundo. Ainda antes do intervalo, a equipe chegou a mais um gol.

Faltando cerca de 2 minutos para o intervalo, Renato Mesquita levou o segundo amarelo e foi expulso. A tática do Energy Body de girar a bola para encontrar os espaços e aproveitar a vantagem numérica deu certo. Júlio César, embaixo das traves, anotou o terceiro. Com vantagem no placar, Energy Body marcou forte na etapa final e deu poucas chances da Pipeline encostar no placar nos primeiros dez minutos. Em uma cobrança de escanteio, Wesllen, em um lindo sem pulo, ainda marcou o quarto. A vitória parecia encaminhada, mas Pipeline vendeu caro o revés. O goleiro Patrick Debrassi teve espaço para chutar do meio da quadra e diminuir o placar. Com desvantagem de dois gols, o time foi para o abafa. Primeiro, Ruan Beuting, com liberdade, tirou tinta da trave do Energy Body. Depois, em jogada praticamente igual, o destino da finalização do jogador foi o gol do time rival: 4 a 3. Nos três minutos finais, os dois times criaram oportunidades, mas o placar prevaleceu para festa dos jogadores do Energy Body e decepção no banco da Pipeline. Para Tonho, atleta da equipe, o time não demonstrou o que vinha jogando nas últimas temporadas. “Foi um jogo bem pegado. Nossa equipe não conseguiu jogar o que vinha jogando nos últimos anos, até nos treinamentos. Mas é estreia, jogo para passar a ansiedade. Vamos partir para a próxima”, projeta. Segundo Luiz Ricardo de Souza, capitão do Energy Body, a união do grupo foi um dos diferenciais para o triunfo. Ele comenta que os jogadores respeitaram a proposta de marcação e souberam o momento de sair para o jogo. “A nossa proposta foi marcar em meia quadra, porque a pressão era deles que eram favoritos e precisavam sair para o jogo. A medida que o jogo foi correndo, a gente viu que dava para atacar também e conseguimos o resultado”, comenta. Segundo o atleta, o resultado dá moral para a equipe na sequência da competição. “Muita moral. Foi o que falei para eles nos vestiários. Que se a gente ganhasse hoje, abriríamos um passo para a classificação, e isso também daria confiança para nosso time”, afirma, ao lembrar que o time já vinha de uma vitória em amistoso contra os atuais campeões da JK Motos.

Demais jogos

Nos demais jogos da rodada, Guarani e Companhia da Batata empataram em 3 a 3. O Guarani chegou a abrir 2 a 0, com dois gols de Rafael Becker. Ainda no primeiro tempo, Anderson Becker diminuiu. Na etapa final, Hallef Rhenan empatou. Ele mesmo virou o placar após contra-ataque, mas próximo ao fim da partida, Rafael Becker voltou a marcar, e deu números finais ao duelo.

No confronto entre Setrat Piscinas e Floripa Têxtil/ECR, a Setrat levou a melhor ao vencer os adversários por 2 a 1 no fechamento da rodada. Leandro Vieira marcou os dois gols da equipe. O tento da Floripa foi anotado por Daniel Soares.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio