O Município na História – Parte 6

O Município na História – Parte 6

Casa de Brusque

20/05/61 – Nova arma de luta da WHO contra a malária

Leverkusen – (Por Richard Krüger – impressões da Alemanha) A central da Organização Mundial de Saúde (World Help Organization – WHO) em Genebra, na qual estão filiados cem países, assemelha-se nos últimos meses cada vez mais ao quartel general de um país em guerra. Trata-se de adotar novas armas para evitar que a guerra contra a malária redunde num fracasso.

Desde a cerca de dez anos o “Estado Maior da Saúde” em Genebra combate sistematicamente em todo o mundo uma epidemia que antes da primeira guerra mundial atacara todos os anos cerca de 300 milhões de pessoas, vitimando no escasso período de 12 meses nada menos que 3 milhões.

Conseguiu-se reduzir essas cifras impressionantes graças ao descobrimento do Tóxico DDT pelo cientista suíço e prêmio Nobel Dr. Paul Müller e da atividade intensa da WHO. O DDT inofensivo para o homem, mata o mosquito “Anópheles” que transmite a doença.

20/05/61 – Nos bastidores do mundo

Como será o ano de 1980?
Considerando todas as nações é difícil dizer. Mas em lugar da palavra mundo, usaremos a palavra nação e concentraremos em uma delas, encontraremos logo a resposta. Evidentemente, temos escolher nação, onde existem estatísticas abundantes e fidedignas. Nenhuma em melhores condições para isso que os Estados Unidos.

Como serão, portanto os estados Unidos em 1980? Eis a resposta da Revista Chaugung Times:
A população de 170 milhões será de um quarto de bilhão, isto é, 250 milhões de pessoas. Nascerão seis milhões de crianças por ano. A população mundial deverá ser de 4 bilhões.
Os norte-americanos de 1980 serão de jovens e 100 milhões terão menos de 20 anos. Em cada quatro norte-americanos, três terão menos que 45 anos. Quanto a pessoas mais idosas, haverá também aumento graças ao progresso da medicina.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio