Palmeiras vence o Botafogo-SP e mantém os 100% no Paulistão

Pelo Carioca, o Vasco levou um susto, mas venceu o Nova Iguaçu; e no Gauchão o Inter fez 3 a 0 no Novo Hamburgo

Palmeiras vence o Botafogo-SP e mantém os 100% no Paulistão

Pelo Carioca, o Vasco levou um susto, mas venceu o Nova Iguaçu; e no Gauchão o Inter fez 3 a 0 no Novo Hamburgo

Time que mais investiu nesta temporada no país, o Palmeiras está correspondendo à altura até o momento. Neste domingo, 21, sob o calor escaldante de Ribeirão Preto, o Verdão fez bom jogo e venceu por 1 a 0 o Botafogo-SP.

Diante de pouco mais de 18 mil torcedores, o alviverde fez dois tempos distintos. No primeiro, quando o sol estava mais forte, os comandados do técnico Roger Machado pouco assustaram, e também não foram incomodados.

Já na segunda etapa o cenário mudou. Com sombra, o Palmeiras foi mais incisivo. O gol de Borja logo aos 8 minutos facilitou o trabalho dos palmeirenses.

O destaque da partida foi a escalação. O treinador decidiu colocar em campo os mesmos 11 que haviam jogado na primeira rodada. A atitude é incomum porque a temporada começou há pouco tempo e os jogadores ainda não estão fisicamente e tecnicamente totalmente preparados.

Invicto, o Palmeiras enfrenta o RB Brasil na próxima rodada, em casa. O tradicional Botafogo-SP está zerado na tabela e buscará a reabilitação contra o Novorizontino.


CARIOCA
Volta por cima
Vasco ganha em casa após ser derrotado na estreia do estadual

O placar de 4 a 2 para o Vasco sobre o Nova Iguaçu, pela segunda rodada do Carioca, dá a impressão de que foi uma vitória tranquila. Ledo engano. O Cruzmaltino abriu dois gols de vantagem, mas chegou a levar o empate a dez minutos do fim.

A partida começou melhor para o Vasco. Os gols da primeira etapa foram marcados pela equipe de São Januário. Evander fez aos 16, e Andrés Rios ampliou aos 29.

Mas o Nova Iguaçu não se entregou e no segundo tempo buscou o empate. Aos 16, Murilo Henrique fez o primeiro e botou pressão sobre os vascaínos.

Aos 35, Bruno Smith fez o segundo e empatou. Sob pressão, o Gigante da Colina foi para cima e fez mais dois, com Yago Pikachu e Andrey, fechando a conta num “enganoso 4 a 2”.

A vitória traz paz para o Vasco, que vive momentos de turbulência nos bastidores devido à eleição para a presidência. Alexandre Campello, o novo mandatário, acompanhou a partida ao lado dos aliados políticos.


GAÚCHO
Revanche colorada
Inter vence o Novo Hamburgo, na reedição da final do estadual de 2017

Mesmo que não tenha valido o título, a vitória do Inter sobre o Novo Hamburgo foi uma espécie de troco pela derrota na final do ano passado. No domingo, 21, o Colorado bateu o Anilado por 3 a 0 sem sustos, na segunda rodada do Gauchão.

O gramado foi bastante castigado pela chuva no estádio do Vale. A vitória começou a ser construída aos 16 minutos do primeiro tempo. A bola na cobrança de escanteio encontrou a cabeça de Thales, que estufou a rede da meta defendida por Max.

Na segunda etapa, Danilo Silva ampliou aos 28, também de cabeça. Cinco minutos depois, Nico López também usou a cabeça para dar números finais ao jogo.

O Novo Hamburgo, atual campeão, amarga a lanterninha do Gauchão, sem ter somado pontos. O Inter tem uma parada indigesta na próxima rodada, o Caxias, que bateu o Grêmio nesta segunda rodada.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio