Para um Natal sem multa, Papai Noel terá que andar dentro da lei

Interessados em realizar ações sociais terão de se cadastrar para ter autorização de circulação em carros abertos

Para um Natal sem multa, Papai Noel terá que andar dentro da lei

Interessados em realizar ações sociais terão de se cadastrar para ter autorização de circulação em carros abertos

Para evitar que outro veículo com um Papai Noel seja multado, como aconteceu no ano passado, a Guarda de Trânsito de Brusque (GTB) passará a regulamentar a ação de benfeitores que fazem ações sociais na cidade. Os interessados em distribuir doces e brinquedos para crianças pelas ruas terão de ter uma autorização por escrito da Secretaria de Trânsito e Mobilidade (Setram) e seguir uma série de regras.

O secretário Paulo Sestrem explica que a partir da segunda semana de dezembro quem quiser realizar as tradicionais ações sociais na carroceria de camionetas terão de dirigir-se até a Setram. Para circular pela cidade será preciso portar uma autorização que só será emitida depois que o interessado informe a rota que irá percorrer, o horário e a data. “Nós poderemos, inclusive, informar para ele se outro Papai Noel já vai passar pelo mesmo lugar na mesma hora. Vamos poder mostrar o melhor caminho para não conflitar com outro carro”, esclarece Sestrem.

Para a liberação, será feita a vistoria do veículo e será cobrado uma série de exigências, como um apoio firme para quem fica na parte de trás do veículo. Também será limitado o número de pessoas na parte aberta do carro, no máximo três, dependendo do automóvel. Segundo Sestrem, o carro com Papai Noel que for flagrado fora do itinerário informado na Setram estará passível de multa.

O objetivo desta ação é evitar que Brusque vire destaque nacional – como aconteceu no ano passado, quando o condutor de um carro com um bom velhinho foi multado no dia 23 de dezembro na rua Rodrigues Alves, no Centro de Brusque. “Queremos proporcionar segurança para todos os cidadãos que fazem este tipo de trabalho social”, afirma o secretário.

2013
O secretário classifica como uma ação infeliz, a multa aplicada a um caminhão que circulava pelo Centro da cidade próximo do natal de 2013. Na época do fato, o secretário manifestou-se pelo Facebook dizendo que tomaria providências. O prefeito Paulo Eccel também utilizou a rede social para se posicionar sobre o evento que tomou proporção e passou, inclusive, em emissoras de televisão com abrangência nacional. Ele disse que estava indignado e que determinaria providências.
Apesar do discurso logo após a ocorrência, Sestrem diz que nada foi feito com o guarda que multou o bom samaritano no ano passado. “O agente aplicou a lei, ele não fez nada de errado”, afirma.
O que será exigido para a autorização

Apoio seguro para quem estiver na carroceria
Limite de até três pessoas na carroceria, dependendo do veículo
Somente adultos poderão ficar na carroceria
Licenciamento em dia
Rota com data e horário que pretende circular como Papai Noel

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio