Policiais são presos por atirar contra jovem

Prisão preventina de acusados de tripla tentativa de homicídio foi pedida até a conclusão de inquérito

Policiais são presos por atirar contra jovem

Prisão preventina de acusados de tripla tentativa de homicídio foi pedida até a conclusão de inquérito

Os policiais militares que atiraram contra o morador de Brusque Christofer Mendes da Silva, 20 anos, no dia 5 de agosto, foram presos preventivamente na terça-feira, 8, em Itajaí. O soldado André Azevedo e o pai, sargento Fabio Azevedo, foram acusados de tripla tentativa de homicídio. O delegado responsável pelo caso, Weydson da Silva, conta que pediu a representação da prisão preventiva ainda no dia 13 de agosto.
O comandante, tenente coronel Rogério Teotônio da Silva, do 1º Batalhão da Polícia Militar de Itajaí, foi quem cumpriu o mandado de prisão contra os policiais. “Eles estão à disposição da Justiça e está sendo instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM), tanto criminal como administrativo, pela 3ª Região, de Balneário Camboriú”, informa. Até a conclusão do IPM, os policiais permanecerão presos no 1º Batalhão da Polícia Militar.

Relembre o caso

O soldado André Azevedo se envolveu em um acidente na rodovia Antônio Heil, no bairro Itaipava, em Itajaí. Ele conduzia uma motocicleta quando colidiu contra o veículo de Christofer Mendes da Silva, morador do bairro Souza Cruz. Azevedo ligou para o pai, pedindo ajuda por ter machucado a perna.

Quando o sargento, pai de André, já estava no local, Silva tentou fugir por estar sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Neste momento, o soldado deu três tiros contra o carro, atingindo a cabeça do motorista. Dentro do carro ainda estava uma mulher, Francilaince Rosa, 20, e a filha do casal de dois meses.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio