Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Salários de juízes passam de R$ 100 mil ao mês com acúmulos de benefícios

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Salários de juízes passam de R$ 100 mil ao mês com acúmulos de benefícios

BDI

Raul Sartori

Falta o exemplo
Está lá no site do Conselho Nacional de Justiça. O juiz Sérgio Moro embolsou de salário bruto, em dezembro, R$ 41 mil, valor turbinado pelo auxílios-moradia (R$ 4.378), alimentação (R$ 884) e gratificações por exercício cumulativo (R$ 4.181) e por encargo, curso/concurso (R$ 2.656). O juiz joaçabense Victor Laus, do Tribunal Regional Federal de Porto Alegre, embolsou R$ 106 mil no mesmo mês. Mais da metade deveu-se à gratificação por encargo, curso/concurso (se acumulada ou mensal, não está esclarecido). Ganhos legais, sim, mas imorais. Sugestão: que tal, assim que terminar a Operação Lava Jato, se criar a Lava Toga? Quem sabe se saberá mais da podridão que toma conta do nosso Judiciário, em todas as instâncias.

BDI
É, este Carnaval teve a marca política do Bloco dos Ausentes Involuntários (BAI), assim chamados os políticos que não se expuseram em público, por estarem vendo o sol nascer quadrado. Na companhia do catarinense João Rodrigues, não puderam sambar Sérgio Cabral, Gim Argello, Eduardo Cunha, Antônio Palocci, Cândido Vacarezza, Paulo Maluf, Pedro Corrêa, Luiz Argôlo, Henrique Eduardo Alves, Geddel Vieira Lima e André Vargas. Tudo indica que a aqueles logo se juntará o 13º, Luiz Inácio Lula da Silva.

Fraternidade e violência
O novo secretário de Estado da Segurança, o advogado e professor de Direito Alceu de Oliveira Pinto Junior, junto com o subcomandante-geral da Polícia Militar de SC, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, prestigiam, esta manhã, entrevista com lançamento da Campanha da Fraternidade 2018, pelo arcebispo metropolitano Dom Wilson Tadeu Jönck, na Cúria Metropolitana, em Florianópolis. Tudo a ver, já que o tema da campanha é “Fraternidade e superação da violência” e mais um pouco: em SC, no ano passado, foram registradas 985 vítimas de homicídio, o que equivale a 14,3 mortes a cada 100 mil habitantes. De 1º a 31 de janeiro deste ano a SSP contabilizou 79 mortes no Estado.

Cor do dinheiro
De dar raiva a história, relatada pela imprensa nacional, envolvendo um jovem casal, de 20 e 21 anos, de Joinville, que após arrecadar cerca de R$ 4 milhões de campanha nacional em redes sociais, para tratar de doença rara do filho bebê, Jonatas, se deslumbrou com tanto dinheiro e resolveu gastá-lo na compra de nova casa, veículo de luxo e viagem turística para Fernando de Noronha. A justiça local, preventivamente fez o bloqueio da conta bancária.

Cartéis
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que na semana passada condenou, com multas milionárias, postos de gasolina, empresas e organizações em 12 dos 17 casos que julgou, de práticas ilícitas no mercado de combustíveis desde 2012, investiga outros oito casos de cartel de postos, um deles em Joinville.

Teto
Dos mais atuantes e íntegros no Congresso Nacional, o deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR) promete entregar em março seu relatório sobre o teto remuneratório no serviço público. Adiantou que vai restringir o pagamento de auxílio-moradia e rever os 60 dias de férias do Poder Judiciário. Férias estas que são ‘vendidas’ para serem transformadas em dinheiro para aquele que tem esse direito. Imoralidade dupla.

Isenções paraguaias
Uma comissão externa do Senado vai ouvir entidades empresariais de SC, Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso e São Paulo para avaliar o sistema de isenção tributária do Paraguai, motivo de migração de dezenas de empresas brasileiras, e até de SC, para o vizinho país. O “regime de Maquila” isenta de impostos as empresas que importem máquinas e matérias-primas, desde que o produto final seja destinado à exportação e pagando apenas 1% sobre o valor agregado em território paraguaio quando a mercadoria sai do país.

Patrono
Em regime de prioridade, tramita na Câmara d0s Deputados projeto que outorga o título de Patrono do Quadro de Oficiais Especialistas em Controle de Tráfego Aéreo da Aeronáutica ao tenente coronel catarinense Aldo Augusto Voigt. A ele se atribui participação fundamental na implantação e operação do Sistema (depois Centro) de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cisdacta e depois Cindacta).

Inclusão cultural
Há anos, autoridades culturais de Joinville repetem a salutar iniciativa de agendar visitas de estudantes de escolas municipais aos principais museus da cidade, dentre eles o belo Museu de Arte (MAJ). A visita, de uma hora, inclui também atividades ao ar livre. Que sirva de exemplo.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio