Secretária de Saúde vai à sessão prestar esclarecimentos

Após convocação, Valquíria Kohler responde questionamentos de edis sobre atendimentos no sistema municipal de Saúde

Secretária de Saúde vai à sessão prestar esclarecimentos

Após convocação, Valquíria Kohler responde questionamentos de edis sobre atendimentos no sistema municipal de Saúde

A sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Guabiruba foi longa e intensa, na noite desta terça-feira, 29 de maio. Com quase duas horas e meia de duração, o encontro teve em pauta diversos assuntos discutidos, em especial referentes à Saúde do município.

Após alguns questionamentos e críticas, feitos por alguns edis na sessão do dia 22 de maio,  a secretária da pasta esteve na tribuna e respondeu as dúvidas levantadas pelos edis.

Um dos assuntos mais comentados foi quanto à prescrição médica, contendo a indicação de um secador de cabelo para uma paciente, que foi atendida na Policlínica da cidade.

A secretária criticou a consideração de Valentin Kohler (PP), que havia manifestado sua opinião sobre a falta de ética do médico em relação à situação.

Lendo os conceitos de ética médica, Valquíria defendeu que o profissional da saúde agiu de forma correta, uma vez que a paciente estaria de cabelos molhados e muita febre.

– Não podemos questionar uma prescrição médica, somente o Conselho Regional de Medicina pode fazer isso. Secador de cabelo é uma parte preventiva, uma vez que o médico cuida da integralidade, da coletividade do ser humano. O médico tem autonomia para prescrever, inclusive um secador de cabelo, como forma de orientação e tenho certeza que esta prescrição teve embasamento científico e técnico – defendeu Valquíria.

A secretária também esclareceu outras dúvidas, referentes às mudanças nos atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e a disponibilização de medicamentos e serviços para a rede pública.

Outro assunto abordado, também foi referente a campanha da vacinação no município, contra a Gripe A – H1N1, e as metas atingidas e até ultrapassadas na cidade. 

Ao final da sessão, com as votações das matérias, os ânimos se exaltaram entre os edis, durante a discussão se o projeto de lei n° 12/2012 seria colocado ou não em regime de urgência.

Os edis acabaram sendo favoráveis a condição e também aprovaram o projeto, que autoriza a adesão do município ao Programa Badesc Cidades para também tomar empréstimo junto ao Badesc (Agência de Fomento de Santa Catarina).

**Confira a cobertura completa da Câmara, com os outros assuntos abordados no encontro, a opinião dos vereadores, e as outras aprovações, na edição impressa do Jornal Município Dia a Dia de quinta-feira, 31 de maio.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio