Conteúdo exclusivo para assinantes

Seis dos oito pontos de internet gratuita da Prefeitura de Brusque estão desativados

Reportagem testou a conexão da rede wi-fi em todos os pontos divulgados

Seis dos oito pontos de internet gratuita da Prefeitura de Brusque estão desativados

Reportagem testou a conexão da rede wi-fi em todos os pontos divulgados

Em 2015, a Prefeitura de Brusque divulgou que fornecia oito pontos com acesso gratuito à internet (wi-fi). Na tarde do dia 22 de fevereiro, há uma semana, a reportagem de O Município visitou os locais para testar a conexão e a velocidade. Ficou constatado que seis pontos estão desativados.

Testamos os pontos que possuem a wi-fi livre. Confira abaixo como funcionam a conexão e a velocidade da internet nestes locais:

Parque das Esculturas
Apesar de ter conexão, os aplicativos não carregaram, mesmo testando em diferentes pontos do parque. Eduardo Haruki Otonari, 52 anos, morador de São Paulo que está de passagem por Brusque, diz que no primeiro dia que visitou o ponto turístico ele tentou conectar a wi-fi, mas como não funcionou muito bem, preferiu usar a 3G.

Odir Barni, administrador do parque, afirma que apenas no dia em que a reportagem foi ao local a internet não estava funcionando bem. Ele afirma que muitas pessoas costumam ir à praça para utilizar o sinal gratuitamente. “Aqui enche na boca da noite, o pessoal estaciona o carro aqui na frente para usar a internet. Ela é boa, não vou dizer que é 100%, mas 90% ela atende”.

Conexão: wi-fi leva alguns segundos para conectar
Velocidade: aplicativos como o Facebook, Instagram e Youtube não carregam

Conexão da wifi livre é rápida, mas aplicativos como, por exemplo, o Facebook não carregam/Crédito: Eliz Haacke

Praça da Cidadania
A rede de wi-fi da praça da Cidadania que aparece no celular está intitulada como “Praça da Cidadania adm” e pede senha para acesso. De acordo com Keila Burmann, 16 anos, que é atendente de telemarketing e costumava usar a internet na praça, ela percebeu que há cerca de dois meses que a wi-fi foi cortada sem nenhum aviso prévio.

Conexão: serviço indisponível; exige senha para conexão
Velocidade:

Praça Sesquicentenário
Apesar das placas avisando sobre a wi-fi live, a rede não aparece nos celulares. O único sinal de wi-fi identificado é o da Câmara de Brusque, que apesar de não demorar para conectar a rede, nenhum dos aplicativos testados carregaram.

Conexão: serviço indisponível
Velocidade:

Praça Barão de Schneeburg
Andreia de Andrade, 43 anos, diz em alguns dias que a internet na praça demora para carregar. “Geralmente quando eu venho aqui pra usar [a wi-fi] ela demora. Às vezes eu acabo colocando crédito porque ela não funciona”, relata a costureira.

Conexão: boa qualidade
Velocidade: ao testar a velocidade, as fotos no Facebook demoram em torno de 30 segundos para carregar, assim como os vídeos no Youtube. Já o Instagram levou em média um minuto para carregar o perfil do jornal na rede social.

Praça Comendador Albino Souza Cruz
Na praça do bairro Dom Joaquim, a situação foi muito parecida com a praça Sesquicentenário. Não é possível conectar a rede, pois ela não está disponível.

Conexão: serviço indisponível
Velocidade:

Praça do Hospital Azambuja
A vendedora, Rita Cassia dos Santos, 47 anos, diz que desde o ano passado a wi-fi da praça do Hospital Azambuja não funciona. Ela e o marido, que possuem um comércio no local, usam 3G.

Conexão: serviço indisponível; apenas rede do hospital
Velocidade:

Terminal Urbano Balthazar Bohn
Ao chegar no terminal urbano é possível ver a placa de acesso a wi-fi livre, mas ao tentar conectar é solicitado senha para acessar. De acordo com o coordenador do terminal e da praça da Cidadania, Djalma Vieira, com o corte da internet na praça, as pessoas começaram a ir para o terminal urbano usar o serviço. “Eles estavam usando para fins ruins, como compra e venda de drogas, por isso pedi para cortar”, afirma.

Conexão: exige senha para conexão
Velocidade:

Placa informando a wifi pública não foi retirada/Crédito: Eliz Haacke

Terminal Rodoviário
O taxista Luiz Carlos Scarpa, 55 anos, trabalha na rodoviário das 6h às 17h30 e utiliza a 3G própria para ter acesso à internet. “Não tenho a senha da wi-fi deles, por isso uso do meu plano”, afirma.

Conexão: exige senha para conexão
Velocidade:

O que diz a prefeitura?
A reportagem entrou em contato com o setor de Tecnologia de Informação (TI)  e com a Secretaria de Comunicação da prefeitura, mas não obteve resposta.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio