Semáforos de Brusque ficarão intermitentes na madrugada

Medida pretende coibir a ação de criminosos no trânsito de Brusque

Semáforos de Brusque ficarão intermitentes na madrugada

Medida pretende coibir a ação de criminosos no trânsito de Brusque

A partir de segunda-feira, 11, todos os semáforos de Brusque estarão com o sinal amarelo intermitente durante a noite e madrugada, das 23h às 4h. Essa foi uma iniciativa da Secretaria de Trânsito e Mobilidade de Brusque (Setram), a exemplo de outras cidades da região, como Blumenau e Itajaí. A Polícia Militar ainda não foi notificada sobre a nova medida, mas apoia a decisão.

O sinal amarelo em fase de pisca intermitente é prática adotada em várias localidades do país, após determinado horário da noite, principalmente nas capitais e cidades onde há um alto índice de criminalidade. Apesar de não ser uma realidade de Brusque, afinal a cidade apresenta poucos casos de assalto em semáforos durante a madrugada, o major Otávio Manoel Ferreira Filho, chefe do setor de trânsito da Polícia Militar, acredita que essa medida vai prevenir que motoristas daqui sofram com esse tipo de crime. “Acho a proposta muito positiva, pois evita que os condutores passem por essa situação enquanto esperam o sinal abrir, afinal nesses períodos a cidade está vazia, o que facilita a ação de bandidos”, afirma.

O secretário Bruno Knihs destaca, no entanto, que é necessário que os motorista prestem muita atenção durante a noite e madrugada, pois apesar de ter pouco fluxo de carros e motos, os condutores precisam parar nas esquinas.
“Prevenir a violência é o principal objetivo dessa medida, mas os motoristas precisam ter seus cuidados também. Ao chegar no semáforo eles precisam reduzir a velocidade, ver se vem alguém para daí sim, seguir o trajeto”, explica. Knihs destaca que esse foi um pedido da população e do Sindicato dos Taxistas de Brusque.

“O problema ocorre principalmente no bairro Águas Claras. Já tivemos casos de assalto no meio da madrugada onde os bandidos chegam de moto e roubam o dinheiro de quem está trabalhando ali e esperando o sinal abrir”, conta Modesto Bertoldi, presidente do sindicato. Assim como Knihs e o major Otávio, ele também acredita que se os condutores forem prudentes, essa medida não deve aumentar o número de ocorrências de acidentes de trânsito.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio