Sessenta novos professores tomam posse na SDR-Brusque

Em Brusque e outras sete cidades da região são 1.400 docentes em 30 colégios

Sessenta novos professores tomam posse na SDR-Brusque

Em Brusque e outras sete cidades da região são 1.400 docentes em 30 colégios

A Secretaria de Estado da Educação (SED) deu posse no dia 4 de fevereiro, na Secretaria de Desenvolvimento Regional de Brusque (SDR), a 60 professores aprovados no concurso do Magistério, realizado no final de 2012. O concurso é válido por dois anos, prorrogável por mais dois e, por isso, mais posses devem ocorrer. 

A cerimônia, rápida e coletiva, ocorreu no gabinete do Secretário Regional Jones Bosio e foi conduzida pelo gerente de Educação da SDR, Moacir Merízio. Na Regional da SDR de Brusque (que abrange as cidades de Botuverá, Brusque, Canelinha, Guabiruba, Major Gercino, Nova Trento, São João Batista e Tijucas), com os novos profissionais o quadro do magistério da rede estadual passa a ter 16.684 efetivos. Destes, 1.400 vão trabalhar nas oito cidades citadas, com um total de 20 mil alunos, em 30 colégios.   

O secretário agradeceu o governador Raimundo Colombo, que não estava presente à solenidade, por ter realizado o concurso do Magistério estadual, o que não acontecia há 10 anos, e salientou que, como foi feito no ano passado, o governo estadual vai investir R$ 9 milhões em Educação, e pretende trabalhar para o resgate de valores, além das reformas estruturais. 

– Esse projeto da SDR já entrou em vigor no final do ano passado, mas para que tenha êxito precisamos da ajuda de todos os professores – salienta Bosio.

Segundo Merízio, a demanda por professores sempre é suprida, se não por concurso público com professores classificados como Admitidos em Caráter Temporário – ACTs. Para ele, esses novos professores são muito importantes porque impediram que professores ACTs fossem contratados. 

– Temos 60 professores habilitados e capacitados para trabalhar no magistério público – defende Merízio. 

Os novos professores começam a trabalhar, efetivamente, hoje, 5 de fevereiro, nos preparativos para as aulas que iniciam no dia 14. 

O professor Silvano Baron, que dará aulas de Artes na Escola de Ensino Médio João Boos, em Guabiruba, se diz feliz pela nomeação e mais preparado para a função. 

– Através da música dá pra ensinar várias coisas e isso ajuda no desenvolvimento de outros conhecimentos. Dei aulas, mas desde 2009 não lecionava em escolas. Com a faculdade, me sinto mais preparado – acredita Baron.


Resgate de valores

O projeto Formação Humana e Resgate de Valores nas Escolas, coordenado por Rodrigo Cesari, que é funcionário da SDR, tem o objetivo de conscientizar pais e alunos sobre a importância de se resgatar valores familiares. “Os grandes problemas em sala de aula são consequência da falta de estrutura familiar.

– Prevenção não é dizer o que faz mal, mas é valorizar o que existe de melhor nos alunos, princípios básicos e valores – enfatiza Cesari. 

O projeto foi iniciado, em caráter de teste, em novembro de 2012. Duas escolas já receberam o projeto: Escola de Educação Básica João XXIII e Escola de Educação Básica Ivo Silveira. 

– O resultado já foi muito bom. Acho que a formação humana é o único meio para transformar a educação no Brasil – avalia Cesari.

A cada mês ele estará em uma escola da cidade para observar o comportamento dos alunos e dar atendimento aos pais, alunos e professores. 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio