Página 3

Bastidores da política e do judiciário, opiniões e críticas sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão

Sobraram farpas contra o governo na votação do reajuste do funcionalismo de Brusque

  • Por Página 3
  • 6:30
  • Atualizado às 8:51
Página 3

Bastidores da política e do judiciário, opiniões e críticas sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão

Sobraram farpas contra o governo na votação do reajuste do funcionalismo de Brusque

  • Por Página 3
  • 6:30
  • Atualizado às 8:51
  • +A-A

Atritos e cutucadas
Foi bastante movimentada a sessão de ontem da Câmara, convocada de maneira extraordinária, para votar o reajuste do funcionalismo. Muitas críticas ao governo foram proferidas. Quem iniciou os discursos mais acalorados foi o vereador Claudemir Duarte, o Tuta (PT), o qual perguntou, com razão, onde estava a Procuradoria Geral do município, que não identificou flagrante inconstitucionalidade no projeto de lei, ao excluir do reajuste os cargos comissionados.

A conta que se faz
O vereador Ivan Martins (PSD) também pôs em dúvida a capacidade da prefeitura em honrar a segunda parcela do reajuste do funcionalismo, uma vez que, aparentemente, a conta que o Executivo fez não levou em consideração o reajuste aos comissionados. Certamente, o governo terá que fazer um enxugamento maior de despesas se quiser honrar este compromisso.

Sempre os mesmos
O adiamento em um dia da sessão que votaria o projeto do reajuste, motivado por erro do Executivo ao excluir os comissionados do aumento salarial, foi uma decisão acertada da Câmara, para que os servidores pudessem receber os valores já na folha de maio. Entretanto, sempre há, nas redes sociais, aqueles que deturpam a informação, espalhando boatos de que o Legislativo estaria empacando a concessão do reajuste. Essas ilações têm partido sempre das mesmas pessoas, ligadas a grupos políticos contrários ao prefeito Jonas Paegle. Para essas pessoas, acostumadas ao jogo político, a verdade é o que menos importa.


Resposta da resposta
Cedenir Simon, presidente eleito do PT de Brusque, entra em contato para responder a resposta do empresário Luciano Hang, da Havan, relativa à entrevista de Cedenir concedida a O Município, no qual este criticou a administração de Brusque. “O legado da gestão Paulo Eccel em Brusque não requer árdua defesa, já que tantos os governos que o antecederam, como os que os sucederam, servem de parâmetros claros para a população quanto ao excelente legado deixado à cidade”, diz.

Emprestar reputação
Cedenir diz ainda que “em seus seis anos de mandato, o prefeito Paulo Eccel nunca precisou emprestar ‘reputação’ de empresários, para tentar justificar atos administrativos, os quais, no caso do governo atual, são altamente suspeitos e questionáveis”. E segue: “o empresário Luciano Hang tem nosso reconhecimento pelo seu empreendedorismo, especialmente porque soube aproveitar o bom momento que os Brasileiros viverem entre 2003 e 2014 para ampliar sua rede, mas no campo político tem adotado posições contrárias ao interesse público”.


Greve nos Correios
Os trabalhadores dos Correios entraram em greve por tempo indeterminado ontem, desde as 22h. As ameaças de privatização e demissões, o fechamento de agências e o “desmonte fiscal” da empresa, com diminuição do lucro devido a repasses ao governo e patrocínios, são os principais motivos para a mobilização, segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect). Não há ainda informação se houve adesão de funcionários dos Correios em Brusque.


Rodovias da região
Liderados pelo presidente da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi) e prefeito de Botuverá, José Luiz Colombi, o Nene, uma comitiva de prefeitos da região em reunião na manhã desta terça-feira, 25, em Florianópolis. A comitiva cobrou do secretário de estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro e do presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Wanderley Teodoro Agostini, soluções para as condições ruins das rodovias estaduais. “Reivindicamos que o Deinfra priorize pelo menos a manutenção dos trechos de Pomerode-Jaraguá do Sul, Doutor Pedrinho-Benedito Novo-Timbó, Gaspar-Brusque, Timbó-Rio dos Cedros, Gaspar-Ilhota e Botuverá-Vidal Ramos”, explicou Nene.

Municipalização
Segundo ele, o mau estado de conservação das rodovias tem prejudicado a economia da região. Na ocasião, os prefeitos sugeriram ainda que o estado autorize a municipalização de alguns trechos das rodovias que cortam os municípios, o que pode facilitar o trabalho de roçadas e tapa-buracos pelas prefeituras. Agostini disse que o Deinfra apoia a municipalização, porém é necessário que o estado regulamente este assunto. O secretário Vampiro se comprometeu em reunir técnicos do Deinfra, secretários regionais e prefeitos para uma reunião, em Blumenau, e finalizar as tratativas no que diz respeito à manutenção das rodovias.


Data de vencimento
O vereador Sebastião Lima (PSDB) apresentou requerimento solicitando à Prefeitura de Brusque que estude a possibilidade de promover a mudança na data de vencimento do alvará fornecido pela Vigilância Sanitária para as farmácias do município. A ideia é que o vencimento passe de 31 de dezembro para 31 de janeiro de cada ano, facilitando a compra de medicamentos controlados durante o período de recesso de final de ano.


Reforma no Tiro de Guerra
A Secretaria de Comunicação entra em contato para fazer ponderações em relação a reportagem publicada ontem, que informava que as reformas da sala de instrução do Tiro de Guerra estavam paralisadas. A nota diz que “toda parte que compete a Secretaria de Obras para colocação da estrutura metálica foram finalizadas”.

Prosseguimento à obra
A prefeitura informa ainda que a colocação da estrutura metálica deve começar nos próximos dias, conforme a condição do tempo, pois já existe uma empresa contratada para dar prosseguimento a instalação. “A colocação de portas, janelas e reforma dos banheiros será feita em uma única vez em todas as instalações, após a colocação da estrutura metálica”, diz a nota. O governo informa ainda que o prefeito Jonas Paegle esteve por três vezes vistoriando as obras, “mostrando sempre sensibilidade à situação”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio