Stadtplatzfest reuniu cinco mil pessoas

Neste ano, 105 grupos de toda a região participaram da festa tipicamente alemã, em Guabiruba

Stadtplatzfest reuniu cinco mil pessoas

Neste ano, 105 grupos de toda a região participaram da festa tipicamente alemã, em Guabiruba

Durante todo o domingo, 27, mais de cinco mil pessoas circularam pela rua Brusque, em Guabiruba, na 10ª Stadtplatzfest. A festa tipicamente alemã, que significa “Praça da Cidade em Festa”, encerrou oficialmente as comemorações dos 52 anos de Guabiruba. “Fechamos nossa programação com chave de ouro. É um evento que não é organizado pela prefeitura, mas que está consolidado na cidade e integra nossa programação de aniversário”, diz o prefeito Matias Kohler.

A festa iniciou às 10h e terminou apenas por volta das 17h e reuniu grupos de amigos de toda a região e muitas famílias. “É uma festa que não tem idade. Todo mundo participa, seja criança, adulto ou idoso. A intenção é celebrar a vida e confraternizar de uma maneira diferente”, diz Kohler.

Segundo o prefeito, as festas de rua são comuns na Alemanha e como a cidade tem origens daquele país, a comissão organizadora quis trazer a tradição para a cidade. “Ela deu tão certo que ganhou uma data fixa no calendário: todos os anos, no último domingo de julho”, diz.

O vice-prefeito da cidade, Valmir Zirke, integra a comissão organizadora do evento e está desde as primeiras edições. Ele diz que o trabalho da comissão é apenas de organizar os espaços, delimitar alguns critérios para manter a festa em ordem e contratar as bandas animadoras. “A festa é dos grupos, são as pessoas que fazem a confraternização do jeito que desejarem”, diz.

Zirke conta que neste ano, a Stadtplatzfest teve a participação de 105 grupos de Guabiruba, Brusque, Blumenau e Nova Trento. “É uma festa diferente das convencionais. O objetivo é fazer com que as famílias participem, tenham um domingo diferente, revejam amigos, tragam alegria e contagiem a cidade”, diz.

A festa
Na Stadtplatzfest, cada grupo é responsável pela sua barraca. O espaço em que cada grupo fica é comprado e a comissão organizadora disponibiliza uma mesa para cada barraca. “Eles trazem suas próprias bebida, decidem o cardápio e fazem a festa do jeito que querem. É uma festa aberta, mesmo quem não está em nenhum grupo participa e acaba fazendo novas amizades e se diverte junto”, diz Zirke.
A festa acontece em toda a rua Brusque, com início em frente a prefeitura e fim no supermercado Carol. “Nesse trajeto, cinco bandas tipicamente alemã animaram durante todo o dia os grupos. Essa edição foi um sucesso”, diz o membro da comissão organizadora.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio