Suspeitos de escrever carta com ameaças aos baianos são ouvidos pela Polícia Civil

Desde a semana passada, delegado Juscelino Carlos Boos da Polícia Civil investiga possíveis autores

Suspeitos de escrever carta com ameaças aos baianos são ouvidos pela Polícia Civil

Desde a semana passada, delegado Juscelino Carlos Boos da Polícia Civil investiga possíveis autores

Algumas pessoas já foram chamadas na delegacia de Polícia Civil de Brusque para depor sobre a carta destinada aos baianos. O assunto ganhou destaque na semana passada, após o aviso ter sido espalhado por meio de redes sociais. Segundo o delegado Juscelino Carlos Boos, a investigação segue a fim de desvendar o autor do texto. “Mas é um caso muito complexo, pois houve muitos compartilhamentos. Além de que existem também os perfis falsos”, comenta. 

A carta que ameaça as pessoas que vieram da Bahia diz que Brusque deixou de ser uma cidade boa para viver, por conta da perturbação que esses migrantes trouxeram. O texto deixa um aviso para que os baianos mudem de comportamento com urgência. Caso contrário, um grupo de 28 pessoas iniciará a ‘matança’. 
Requerimento

O vereador Valmir Coelho Ludvig entrou com um requerimento na Câmara de Vereadores para que o documento seja investigado pelo Ministério Público. A votação do requerimento deve acontecer na sessão de terça-feira, 12 de novembro.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio