Tradição da limpeza dos túmulos para Finados movimenta cemitérios de Brusque

Familiares aproveitam para orar e cantar enquanto limpam as lápides

Tradição da limpeza dos túmulos para Finados movimenta cemitérios de Brusque

Familiares aproveitam para orar e cantar enquanto limpam as lápides

O dia 2 de novembro é marcado pelas homenagens que são prestadas aos entes queridos que já se foram. Os cemitérios recebem várias pessoas durante todo o Dia dos Finados. Mas alguns dias antes, os familiares vão até o local para limpar os túmulos e decorá-los com flores.

Enquanto realizaram a tarefa, muitos aproveitam para recordar as lembranças, orar e cantar para os entes queridos. Geralmente o trabalho é realizado em família.

Há seis anos, Michele Crepas Till, 36 anos, vai ao cemitério Parque da Saudade para limpar o túmulo da avó Luiza Tomio. A mãe, Arlete Luiza Crepas, 48, também acompanha a filha.

Sempre que podem, elas visitam o túmulo, mas na véspera do Dia dos Finados, passam mais tempo no cemitério. Além disso, na data elas levam flores naturais e velas para dona Luiza.

Eraldo Roncaglio é vizinho de Darci Sophatti e juntos limpam os túmulos há mais de 30 anos / Foto: Eliz Haacke

Darci Sophatti, 65, limpa as lápides dos pais, Dagmar e Olivio Gartner, e dos avós Jose e Maria Coelho constantemente. Ela e o vizinho, Eraldo Roncaglio, 51, cuja sogra, Maria Terezinha Clemer está enterrada no mesmo cemitério há 30 anos, fazem esse trabalho juntos.

Quando o dia está bonito e com sol, eles aproveitam para ficar mais tempo no cemitério, mas como o dia estava chuvoso, Darci e Eraldo terminaram a limpeza e foram para casa. Para eles, a data é importante para rezar para os que estão ali.

“A gente vem aqui e reza por eles e pelos outros, porque tem gente que abandona os túmulos”, pontua Eraldo.

Família Lacerda se reúne para orar e cantar pelos pais e avó falecidos / Foto: Eliz Haacke

Antonio Lacerda, 61, cuida das lápides dos pais Antonia e Manoel, e da avó Maria Justina Alves. A esposa Elvira Lacerda, 62, também vai ao cemitério para limpar os túmulos dos pais João e Bárbara Libardo.

Com frequência, eles estão no cemitério para limpar e capinar no entorno da lápide. No entanto, na véspera do Dia dos Finados, eles aproveitam para rezar e cantar por eles.

A vendedora Irene Heckert vem de Nova Trento para vender flores na véspera do Dia dos Finados há 15 anos. A barraca, localizada no estacionamento do cemitério, comercializa desde flores soltas até vasos. “Muitas pessoas vem ao cemitério para limpar e acabam comprando as flores para decorar o túmulo.”

Irene vende flores no cemitério na véspera do Dia dos Finados há 15 anos / Foto: Eliz Haacke

Novos caminhos
A Secretaria de Trânsito e Mobilidade de Brusque (Setram) desenvolveu rotas alternativas para o entorno do cemitério Parque da Saudade devido ao intenso fluxo de veículos. Na sexta-feira, 2, a rua Bulcão Viana será mão única, sendo permitido apenas o sentido Centro para o bairro, ou seja, subir a rua.

Aqueles que quiserem descer a via podem usar de escape as ruas Ricardo Knihs ou a Jose Erbs, do loteamento Bruchal. Será criada uma barreira na linha do estacionamento do cemitério para que nenhum carro desça a Bulcão Viana. Os que fizerem a rótula só terão acesso até o estacionamento.


Programação de finados

Brusque

Paróquia São Judas Tadeu (Águas Claras)
6h, 9h, 11h, 15h, 17h – missa celebrada na paróquia
19h – missa celebrada na paróquia e bênção aos túmulos. Depois segue procissão até cruzeiro do cemitério e queima dos envelopes.

Paróquia Santa Catarina (Dom Joaquim)
8h – missa no cemitério São José, no Dom Joaquim
8h – missa no cemitério do São Pedro, no Cedro Grande
9h15 – missa no cemitério São João Batista, no Ribeirão do Mafra

Santuário Nossa Senhora de Azambuja (Azambuja)
18h – adoração ao santifico
19h – missa

Cemitério Parque da Saudade (Azambuja)
8h, 9h, 10h, 15h, 16h e 17h – missa celebrada na capela do cemitério

Paróquia São Luís Gonzaga (Centro)
19h – missa celebrada na paróquia

Paróquia Santa Teresinha (Santa Terezinha)
7h, 9h e 17h – missa no cemitério do Santa Terezinha
8h30 – missa no cemitério de Nossa Senhora de Natividade, no Limeira Alta
8h30 – missa no cemitério São Sebastião, no Limoeiro

Comunidade Evangélica Luterana (Paróquia Bom Pastor)
7h – culto no cemitério Luterano do Centro
7h – culto no cemitério do Paquetá
7h30 – culto no cemitério da Lorena, no Bateas
8h30 – culto no cemitério do Holstein
8h30 – culto no cemitério da Claraíba, em Nova Trento

Guabiruba

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Centro)
6h, 8h, 16h e 19h – missa e bênção nos túmulos da Matriz

Igreja São Cristóvão (Aymoré)
6h – missa e bênção nos túmulos

Igreja São Pedro (São Pedro)
8h – missa e bênção nos túmulos

Igreja Nossa Senhora Aparecida (Guabiruba Sul)
8h – missa e bênção nos túmulos

Igreja Sagrado Coração de Jesus (Planície Alta)
9h30 – missa e bênção nos túmulos

Igreja São Vendelino (Lageado Baixo)
9h30 – missa e bênção nos túmulos

Igreja Nossa Senhora da Imaculada Conceição (Lageado Alto)
16h – missa e bênção nos túmulos

Botuverá

Paróquia São José (Centro)
8h – missa no cemitério do centro
8h – missa no cemitério de Águas Negras
9h30 – missa no cemitério do Ribeirão d’Ouro

Nova Trento

Santuário Santa Paulina (Vígolo)
8h – missa no cemitério Santa Paulina
10h, 15h – missa no Santuário

São João Batista

Paróquia São João Batista
8h e 19h – missa na matriz

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio