Página 3

Bastidores da política e do judiciário, opiniões e críticas sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão

Unidade de Saúde do Nova Brasília está há sete meses sem relógio-ponto

Página 3

Bastidores da política e do judiciário, opiniões e críticas sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão

Unidade de Saúde do Nova Brasília está há sete meses sem relógio-ponto

Página 3

Relógio ponto
A unidade de saúde do bairro Nova Brasília está há mais de sete meses sem relógio-ponto para controle de assiduidade dos seus funcionários. Após receber informações sobre a falta do equipamento, a Câmara de Vereadores consultou a prefeitura, que enviou ofício no qual informa que o relógio-ponto foi danificado durante as cheias de janeiro, que atingiram a unidade. Até aí, tudo bem. O problema é que, ao que indicam os fatos, o município não se interessou em recuperar o equipamento até o dia 3 de agosto, sete meses depois, quando o relógio foi enviado ao setor de Recursos Humanos para manutenção.

Recursos para educação
O Tribunal de Contas de Santa Catarina (TRE-SC) enviou ofício à Câmara de Brusque, na qual orienta os poderes Executivo e Legislativo do município sobre as necessidades de reserva de orçamento para cumprimento das metas do Plano Nacional de Educação. O documento pede atenção aos legisladores sobre a reserva de dotação orçamentária na Lei Orçamentária Anual (LOA) e no Plano Plurianual (PPA).


Venda irregular
Os vereadores Leonardo Schmitz (DEM) e Paulo Sestrem (PRP) constataram que a Escola de Educação Básica João Hassmann, localizada no Guarani, permitiu a comercialização de pipoca e refrigerante no interior da instituição, contrariando lei estadual sobre a venda de alimentos nas escolas. A irregularidade foi denunciada por um pai de aluno. Os parlamentares contam que estiveram pessoalmente no local a fim de apurar o fato, ocasião em que flagraram o momento em que crianças compram pipoca e Coca-Cola num pacote “combo”, por R$ 1.

Denúncia ao CAE
Os vereadores fotografaram a cena e utilizaram as imagens para denunciar a situação ao Conselho de Alimentação Escolar (CAE) de Brusque, que notificou a Secretaria de Educação a respeito do assunto. O órgão cobrou explicações da direção do educandário e orientou os responsáveis pela escola para que o caso não se repita. Schmitz e Sestrem observam que há lei estadual que proíbe que sejam comercializados, nas unidades educacionais públicas e privadas, lanches e bebidas que não atendam aos “padrões de qualidade nutricional e de vida indispensáveis à saúde dos alunos”.


Infraestrutura nas escolas
A Secretaria de Estado da Educação disponibilizou para a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Brusque recursos para uma série de ações em escolas da rede pública estadual da região. Serão licitadas quatro obras e um projeto arquitetônico para cinco colégios de Brusque, São João Batista e Tijucas, totalizando R$ 654,2 mil. Em Brusque, a escola Osvaldo Reis terá licitado o projeto arquitetônico para a reforma e ampliação do educandário, no valor de R$ 88 mil.

Outras obras
Também serão contempladas a escola Santa Terezinha, que receberá a troca do piso em salas e no pátio, com recursos de R$ 95,2 mil, e a escola Yvonne Olinger Appel, que receberá reforma no ginásio de esportes do educandário. O valor investido será de R$ 113,8 mil. Segundo o secretário-executivo da ADR de Brusque, Ewaldo Ristow Filho, o processo de licitação para contratação das empresas que executarão as obras e a elaboração do projeto arquitetônico deve ser concluído entre 45 e 60 dias.


Desenvolvimento econômico
O prefeito de Botuverá, José Luiz Colombi, o Nene, reuniu-se em seu gabinete com consultores do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para elaboração do plano de desenvolvimento econômico do município, contratado pela prefeitura. O projeto propõe 34 soluções em gestão a serem implantadas ao longo de dois anos.


Semana de Educação Física
Algumas semanas atrás, o vereador Paulo Sestrem (PRP) questionou a prefeitura sobre a implementação da Semana do Profissional de Educação Física, evento incorporado ao calendário do município por meio de projeto de lei aprovado na Câmara em 2007. Nesta semana, o governo informou que a programação será realizada em 31 de agosto e 1º de setembro deste ano. Na oportunidade, também será realizada um ato de homenagem aos profissionais e uma palestra no plenário do Legislativo. O evento deixou de ser realizado em alguns anos.


Horário diferente
Carlos Jose Ronconi Neiva Peixoto, chefe do cartório da 5ª Zona Eleitoral de Brusque, informa que, diferentemente do publicado na edição de ontem o horário para cadastramento biométrico em Guabiruba é das 8h45 às 11h30 e das 13h30 às 16h45. O posto de atendimento em Botuverá, por sua vez, já foi fechado.


Correção
Diferente do que foi publicado na edição de ontem de O Município, na reportagem “Duas cidades e realidades bem diferentes”, que trata sobre o ensino do alemão na região, o Colégio Cônsul Carlos Renaux informa que além de ser disponibilizado como atividade extracurricular aos alunos do 2º ao 5º ano, o alemão também consta na grade curricular dos alunos de 6º a 9º ano e de todo o Ensino Médio, devendo o aluno optar pelo aprendizado de Inglês, Espanhol ou Alemão. O colégio informa também que há 15 anos oferece para toda a comunidade aulas do idioma, sendo que a procura é grande. Hoje, o curso conta com 78 alunos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio