Unifebe e universidade americana definem estratégias de parceria

Foram realizadas reuniões entre representantes das duas instituições, em Brusque

Unifebe e universidade americana definem estratégias de parceria

Foram realizadas reuniões entre representantes das duas instituições, em Brusque

A Unifebe recebeu nesta semana, de 5 a 8 de março, a visita de representantes da Universidade Politécnica da Flórida (Florida Poly). A comitiva estadunidense, formada pelo vice-presidente Terry Parker e a professora do curso de Engenharia Mary Vollaro, foi recepcionada pelo reitor Günther Lother Pertschy no Campus Santa Terezinha.

Ao longo da semana o grupo participou de uma série de reuniões técnicas com o coordenador de Engenharia Mecânica e do Centro de Tecnologia e Inovação em Fabricação (CTIF), Denis Boing, para definição dos trabalhos que serão realizados em breve, como: mobilidade de estudantes, pesquisa conjunta, estágio supervisionado curricular, mobilidade de professores e programas de curto prazo, como o projeto Hands-On.

O coordenador Boing adianta que uma das pesquisas em conjunto será sobre projetos em desenvolvimento no CTIF.

“A intenção é estabelecer um vínculo com publicações em parceria entre docentes da Unifebe e da Florida Poly. Novos projetos na área de manufatura avançada também serão desenvolvidos em conjunto”, conta.

Parceria
O convênio de cooperação internacional foi firmado entre as duas Instituições em fevereiro de 2015 com a ida da comitiva brusquense à Flórida. No mesmo ano, a Unifebe recebeu a visita do reitor e vice-presidente executivo da Florida Poly Ghazi Darkazalli e do vice-reitor de inscrições Scott Rhodes.

Em agosto de 2016 o diretor associado de Estudos Internacionais da Florida Poly, Mustapha Achoubane, também veio à Unifebe para definir estratégias da parceria entre as duas Instituições.

“Em 2015 nós fizemos uma visita encantadora à Florida Poly e tivemos a oportunidade de conhecer a estrutura fantástica da Instituição. Ficamos satisfeitos em poder recebê-los aqui mais uma vez e retribuir toda a cortesia”, destaca o reitor.

Segundo o vice-presidente Parker a expectativa é que a visita renda bons frutos para a parceria.

“Eu espero que neste período nós tenhamos uma produtiva troca de ideias sobre educação para os nossos estudantes, e possamos desenvolver em conjunto projetos de pesquisa e outras ações”, ressalta.

A engenheira Mary destaca a qualidade laboratorial da Unifebe.

“Foi muito interessante conhecer os espaços e ver estudantes trabalhando com tecnologias que serão utilizadas por eles no mercado de trabalho. Ter essa experiência em um ambiente laboratorial com alto nível de tecnologia, orientadores e ensino, certamente faz com que os estudantes se tornem melhores profissionais”, afirma.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio