Vereadores cobram posicionamento da prefeitura diante da situação do HEM

Ivan Martins e Tuta afirmam que prefeitura deveria atuar nas negociações para a reativação da Maternidade de Brusque

Vereadores cobram posicionamento da prefeitura diante da situação do HEM

Ivan Martins e Tuta afirmam que prefeitura deveria atuar nas negociações para a reativação da Maternidade de Brusque

A situação do Hospital e Maternidade de Brusque (HEM) repercutiu entre os vereadores na sessão desta terça-feira, 16. Em seu tempo na tribuna, o vereador Ivan Martins (PSD) cobrou mais preocupação da Prefeitura de Brusque com relação aos problemas do hospital.

De acordo com o vereador, a situação do HEM implica diretamente na saúde de Brusque, já que estando fechado, leva toda a demanda para o Hospital Azambuja.

“Temos 125 mil habitantes, não podemos passar por isso. Pelo menos, a prefeitura poderia intermediar as negociações com os interessados em reativar o hospital, chamar a responsabilidade no sentido de mobilizar autoridades estaduais e federais para ajudar a amenizar esta situação. O poder público não pode ficar à margem deste processo”, diz.

O vereador Claudemir Duarte, o Tuta (PT), também cobrou uma posição da prefeitura sobre o caso. “Não estamos vendo a mídia noticiar o interesse do governo municipal em contribuir para resolver esta situação. O hospital contribui direta e indiretamente com a população de Brusque. O governo tem que participar das discussões, negociações. Se dizem preocupados com a saúde em Brusque, mas não estão demonstrando isso”.

Martins ressaltou também a qualidade dos equipamentos do hospital que hoje fazem falta para atender a região.

“Isso nos deixa bastante entristecidos. Um hospital deste porte fechado abre uma lacuna grande na cidade. Peço que o Executivo abrace a causa, chame os responsáveis, de repente, um convênio com a prefeitura ajude, algum incentivo para a nova equipe que poderá assumir o hospital. Se reabrir, só quem ganha é a população”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio