Vereadores criticam projeto habitacional

O primeiro foi Moacir Giraldi (PTdoB), que sugeriu ao prefeito que compre outros terreonos para implantação dos residenciais, e não as áreas dos loteamentos

Vereadores criticam projeto habitacional

O primeiro foi Moacir Giraldi (PTdoB), que sugeriu ao prefeito que compre outros terreonos para implantação dos residenciais, e não as áreas dos loteamentos

Parlamentares da oposição se manifestaram nesta terça-feira, 24, na tribuna, contra o projeto de desafetação de áreas públicas para construção de residenciais populares. O primeiro foi Moacir Giraldi (PTdoB), que sugeriu ao prefeito Paulo Eccel que compre outros terrenos para implantação dos residenciais, e não as áreas dos loteamentos, que é a atual intenção do Executivo.

Jean Pirola (PP), por sua vez, disse que parte das pessoas que vieram à audiência pública sobre o tema era ligadas à prefeitura. “Eram pessoas que não sabiam o que estavam fazendo aqui. A prefeitura ligou e pediu para que viessem, dizendo que os vereadores iam negar o apartamento para eles”.

Para Felipe Belotto (PT), líder do governo na Casa, a postura dos vereadores é equivocada. “Não dá para admitir que vereadores tentem desqualificar as pessoas que estiveram na audiência pública. Os vereadores é que precisam praticar o ato de ouvir, ou a opinião do povo não conta nada, só conta a opinião dos vereadores?”.

Ivan Martins (PSD) foi além, disse que, na audiência pública, houve participação maciça de “pessoas ligadas ao PT e à prefeitura”. “Elas são obrigadas a vir aqui no plenário da Câmara, para pressionar os vereadores a votar favorável ao projeto que o Executivo defende. São pessoas manipuladas pelo Executivo, a grande maioria, de comissionados da prefeitura, que se não vierem, são demitidos”, disse.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio