Vereadores discutem “operação limpeza”

Parlamentares levantaram ideias para melhorar a qualidade do Legislativo

Vereadores discutem “operação limpeza”

Parlamentares levantaram ideias para melhorar a qualidade do Legislativo

O “apodrecimento” do Legislativo brasileiro, tema levantado pelo vereador Guilherme Marchewsky (PMDB), presidente da Câmara de Brusque, em entrevista ao Município Dia a Dia, foi levantado na sessão de ontem. O parlamentar defendeu os candidatos de Brusque que colocaram seus nomes à disposição para as eleições deste ano. “O Legislativo como está, está podre. Para termos a possibilidade de melhorar, precisamos ter nomes. E os nomes apareceram”.
Ele afirma que a participação de lideranças locais na política estadual e federal pode ajudar a melhorar a política, e fazer com que os governos “olhem mais para Brusque”. “Temos candidatos que poderão fazer esse trabalho, para que se mude essa forma de legislação”.

Felipe Belotto (PT), por sua vez, destacou que a Câmara vêm tomando posições para melhorar a transparência de suas ações, como a abolição do voto secreto, por exemplo. “Quando a gente constata que há sujeira, mais do que fechar o nariz, nós temos que efetuar a limpeza”. Ele afirma ainda que mais um passo está sendo dado nessa “limpeza”, com a revisão do regimento interno da casa, que está em trâmite em uma comissão especial.
Ao retomar a palavra, Marchewsky disse que a população quase não acredita mais no Legislativo. Marli Leandro (PT), defendeu que deve haver uma proposta de reforma política para o país. “O sistema que temos é esse. Se ele não nos representa, é preciso mudar”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio