Vereadores discutem situação precária da ponte na rua André Wippel

Moradores da via, no Aymoré, esperam há tempo por melhorias

Vereadores discutem situação precária da ponte na rua André Wippel

Moradores da via, no Aymoré, esperam há tempo por melhorias

Moradores reclamam que além do risco de a ponte cair e causar algum acidente, a interdição do local irá deixá-los sem acesso da via – Crédito: Taiana Eberle 
Na sessão ordinária da Câmara de Vereadores da terça-feira, 28 de fevereiro, um dos assuntos discutidos por alguns vereadores foi a situação da ponte da rua André Wippel, no bairro Aymoré. Por ser de madeira e estar bastante danificada, principalmente após as últimas enchurradas na localidade, a ponte preocupa moradores, já que o tráfego de veículos mais pesados também tem sido frequente por ali. 

– É uma falta de consideração muito grande. Uma ponte dessa, no valor de R$ 300 mil, acredito, deve ser feita, em respeito aos contribuintes –  declarou Valentin Kohler (PP), que assim como José Vicente Baron (PSD) e Valdecir Gomes Ferreira criticou a situação da ponte.

Outro assunto abordado durante a sessão, por Ademir Fischer (PMDB), foi o serviço da Polícia Militar no município. O edil cobrou melhor atendimento da PM, em virturde de ter precisado do serviço policial no sábado à noite, 25 de fevereiro, e não ter sido atendido. 

De acordo com o Fischer, outras reclamações  da comundiade também chegaram até ele e o vereador solicitou à Casa que um ofício fosse encaminhado aos comandantes da Polícia Militar. 

– Podemos até entender que a polícia não tem como atender todo mundo. Temos bons policiais de um lado, e talvez temos uma minoria, do outro lado, que não veem nos atendendo. Mas, não posso admitir não ser atendido, quando os policiais deveriam estar na delegacia. Acredito que a comunidade, assim como eu, que sou cidadão, merecemos o respeito, afinal pagamos impostos – desabafou durante a sessão.  


**Confira esses e outros assuntos debatidos na sessão, na edição impressa do MDD desta quinta-feira, 1º de março. 


Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio