Aula de arco e flecha é opção para o feriado de Tiradentes, em Brusque

Interessados pela prática poderão participar de aulas gratuitas amanhã

Aula de arco e flecha é opção para o feriado de Tiradentes, em Brusque

Interessados pela prática poderão participar de aulas gratuitas amanhã

Os brusquenses terão uma oportunidade única nesta quinta-feira, 21, Dia de Tiradentes. Poderão ter uma aula com o arco e flecha promovida gratuitamente pela Escola Pa-Kua em sua sede. Mas quem quiser garantir a sua vaga não pode dormir no ponto. A procura está grande e, inclusive, um dos horários já está lotado.

Rafael Pieter, proprietário da escola, explica que o objetivo é divulgar a prática do pa-kua (pronuncia-se pácua) entre as pessoas. A receptividade dos brusquenses tem sido muito boa, pois inicialmente haveria apenas uma turma. Agora, já são oito, e o horário das 20h já está lotado.

“Mas quem quiser nos procurar ainda tem muitas vagas pela manhã e tarde”, afirma Pieter. Devido à alta procura, a expectativa dele é de que pelo menos 50 pessoas participem das atividades. As aulas de arco e flecha serão dadas na sede da Escola Pa-Kua, que fica na rua Felipe Schmidt, 97, Centro.

Pieter explica que no dia toda a equipe da escola estará no local para prestar apoio aos participantes. Os instrutores são preparados para ensinar o arco e flecha aos iniciantes, ressalta o proprietário. As aulas terão duração de uma hora. A recomendação é que os participantes vão com roupas adequadas à prática esportiva, e os materiais serão cedidos pela escola.

Pieter comenta que esta é a primeira vez que a escola promove este tipo de evento gratuito na cidade, mas a prática já é comum em outras cidades da região. Além, claro, de divulgar o Pa-Kua entre os brusquenses o objetivo é também tornar a escola mais conhecida.

Modalidade já conhecida

À primeira vista, o pa-kua pode parecer estranho aos brusquenses, mas não é bem assim. A Escola Pa-Kua Brusque já existe há 15 anos, e Rafael Pieter toca o espaço há cerca de quatro. Ele começou a praticar a atividade há alguns anos, até que assumiu a Pa-Kua Brusque. Ele diz que alguns instrutores iniciaram as atividades na própria escola e hoje dão aula, o que mostra o crescimento da modalidade.

Apesar de envolver atividades esportivas, o pa-kua não é esporte. A modalidade surgiu há 5 mil anos na China, e chegou ao Ocidente apenas na década de 1970. “O pa-kua por si, é um conhecimento. Nós ensinamos aqui na escola através da arte marcial, das armas de corda, da arqueria e do ioga”, explica Pieter.

“O objetivo é mais o conceito, não é a competição e medalhas, mas sim o desenvolvimento pessoal do aluno”, afirma o proprietário da escola, que irá abrir novas unidades em Guabiruba, Blumenau e Timbó nos próximos meses.


Inscreva-se

Horários

  • 9h
  • 10h
  • 11h
  • 15h
  • 18h
  • 19h
  • 20h (sem vagas)
  • Telefone: (47) 3351-7738
  • WhatsApp: (47) 8829-3311
  • E-mail: pakuabrusque@gmail.com
  • Rua Felipe Schmidt, 97, piso superior

Lembre-se:

– A idade mínima para participar é 14 anos;
– Use roupas adequadas à prática esportiva;
– A escola fará o empréstimo dos materiais;
– A aula terá duração de 1h.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio