Botuverá recebe comando geral do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina

Militares terão espaço dentro da prefeitura para trabalhos de inspeção e orientação de estabelecimentos para obtenção de alvarás

Botuverá recebe comando geral do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina

Militares terão espaço dentro da prefeitura para trabalhos de inspeção e orientação de estabelecimentos para obtenção de alvarás

O comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, coronel Marcos de Oliveira, e demais comandantes da região estiveram reunidos com o prefeito de Botuverá, José Luiz “Nene” Colombi, no final da tarde de ontem, 24 de julho.

Também estiveram presentes o comandante e subcomandante do 3º Batalhão de Bombeiros Militares de Blumenau, tenente coronel Júlio César da Silva e major José Gamba Júnior; o relações públicas da corporação em Santa Catarina, major Diogo Bahia Losso; o comandante de Brusque, tenente Hugo Manfrin Dalossi; e o subtenente da Polícia Militar de Botuverá, Edenilson Ricardo de Souza.

As autoridades reforçaram a importância da presença do Corpo de Bombeiros na cidade e trouxeram notícias otimistas para a comunidade. Após a reunião com o prefeito, eles participaram de um encontro com vereadores e servidores públicos municipais, quando foi anunciado que até o final do mês de agosto a cidade contará com três bombeiros militares.

O prefeito se comprometeu a, nos próximos dias, ceder um espaço dentro da estrutura da Prefeitura para que os bombeiros iniciem os trabalhos de inspeção e orientação para adequações de estabelecimentos comerciais e industriais para a obtenção de alvarás de funcionamento, em cumprimento à legislação. Com isso, os serviços não seriam mais terceirizados por Brusque e os recursos ficarão em Botuverá. “Com a permanência dos recursos na cidade, serão utilizados para a manutenção e melhoria da guarnição local”, saliente Nene.

Corporação em Botuverá

O próximo passo será a disponibilização de um terreno para a construção do prédio da corporação, em parceria com o Corpo de Bombeiros. Para o prefeito, os benefícios da instalação de uma guarnição na cidade são vários, para pessoas e empresas. Além de proporcionar mais segurança às fábricas têxteis, os custos com seguros tendem a diminuir. Já para a população, o benefício é imensurável. “Nossa única opção para atendimento médico em casos de emergência é ir para Brusque, mas com uma ambulância 24 horas a população terá atendimento rápido e eficaz, e esses dois itens são essenciais para uma vida em perigo”.

Até o final do ano voluntários também serão treinados para auxiliar nos atendimentos de urgência e emergência. “Seremos parceiros do Corpo de Bombeiros e trabalharemos para obtermos recursos para a efetivação deste projeto”, destaca o prefeito.

Oliveira destacou que 112 municípios do Estado já contam com o trabalho dos bombeiros militares e que ainda este ano outros 250 serão formados. “Vamos fazer um esforço conjunto para termos oito bombeiros atuando em Botuverá e para conseguirmos um caminhão e uma ambulância. A cidade precisa aumentar a segurança de toda a comunidade”.

O comandante também ressaltou a importância do aumento do efetivo de policiais e do envolvimento de todas as entidades no processo. “Onde há envolvimento da sociedade, o projeto dá certo. O Corpo de Bombeiros é do Estado, mas o trabalho é comunitário”.


Fonte: Assessoria de imprensa – Prefeitura de Botuverá

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio