Brusquense realizará sonho de estudar Medicina na Rússia

Victória Luiza Turkot embarca neste sábado, 18, para cursar a faculdade em Kursk

Brusquense realizará sonho de estudar Medicina na Rússia

Victória Luiza Turkot embarca neste sábado, 18, para cursar a faculdade em Kursk

Enquanto muitos celebram a entrada nas universidades do país, outros comemoram a chance de realizar o sonho de uma formação internacional. A catarinense Victória Luiza Turkot, 19 anos, é uma das jovens que já está de malas prontas para começar seus estudos longe do Brasil. A estudante de Brusque faz parte de um grupo de brasileiros que embarca para a Rússia amanhã em busca do tão sonhado diploma em Medicina.

Estudante de Brusque faz parte de um  grupo de brasileiros que embarca para a Rússia neste sábado, 18 / Foto: Arquivo Pessoal
Estudante de Brusque faz parte de um grupo de brasileiros que embarca para a Rússia neste sábado, 18 / Foto: Arquivo Pessoal

Com apoio da Aliança Russa, representante oficial das universidades russas no Brasil, eles ingressam na Universidade Médica Estatal de Kursk, considerada uma das dez melhores do país. Dedicada, Vitória conta que vem se preparando há algum tempo para isso. “Sempre tive vontade de fazer faculdade na Europa, preferencialmente Portugal ou Espanha. Mas, uma amiga foi pra Rússia e me convenceu a ir também. O ensino é de alta qualidade, então, tenho a certeza de fiz a escolha certa”, completa.

As expectativas em relação ao curso e sua futura vida universitária são as melhores. “Acho que vou me dar muito bem e vou fazer de tudo para ser uma boa aluna. Não vou ganhar nada de ‘mão beijada’, então vou ter que estudar bastante. Estou animada com a viagem e espero que dê tudo certo”, afirma.

Baixo custo

O governo da Rússia subsidia os alunos estrangeiros que vão para o país estudar, o que diminui consideravelmente os custos. O semestre sai por aproximadamente US$ 3100, incluindo hospedagem e seguro médico. O valor é muito inferior ao cobrado no Brasil.

Ao voltar para o país, o estudante submete o diploma ao processo de reconhecimento em uma universidade brasileira, procedimento padrão para qualquer estudante que faça graduação em centros de ensino estrangeiros.

A Aliança Russa é representante oficial das principais universidades russas no Brasil desde 2005. Seu trabalho consiste na seleção dos candidatos, no processo de orientação da faculdade, no recolhimento da documentação necessária para permanência legal do estudante na Rússia, na obtenção da vaga, inscrição na universidade e na assessoria durante a viagem.

Em 2016, 80% dos formandos passaram de primeira no Revalida, principal sistema de revalidação para os cursos de medicina. Desde 2010, o chamado Diploma Único de Estudos Superiores da Europa, do qual a Rússia faz parte, passou a valer conforme o Tratado de Bolonha. Seu objetivo é facilitar a mobilidade dos estudantes e profissionais do ensino superior da Europa.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio