Consumidores de Brusque já percebem o aumento no preço de combustíveis

Gasolina ficou 4% mais cara, diesel subiu 8%. Alguns postos do município já atualizaram os preços

Consumidores de Brusque já percebem o aumento no preço de combustíveis

Gasolina ficou 4% mais cara, diesel subiu 8%. Alguns postos do município já atualizaram os preços

O novo reajuste dos combustíveis autorizado pela Petrobrás entrou em vigor na madrugada de sábado, 30, e os consumidores já começaram a sentir no bolso o reflexo do aumento: gasolina 4%  mais cara, e o diesel, 8%.

Na segunda-feira, 2 de dezembro, em Brusque, alguns postos já comercializavam o combustível com o preço atualizado. Em um posto do Centro, a gasolina passou de R$ 2,889 para R$ 2,989, um aumento de 10 centavos. Reajuste maior ainda foi o do diesel, que pulou de R$ 2,34 no sábado, para R$ 2,54 ontem. “O preço do óleo diesel foi o mais significativo, aumentou 20 centavos. Só para se ter uma ideia, para um caminhão andar dois quilômetros, precisa colocar um litro de diesel. É um valor muito alto. Com certeza, teremos reflexo em todos os setores com esse aumento”, diz o gerente Valério Crespi.
Fiscalização

A responsável pela fiscalização dos preços dos combustíveis após o reajuste será a Agência Nacional de Petróleo (ANP). “Como o aumento foi repassado a nível federal, é a ANP quem vai fiscalizar. A última pesquisa de preços feita por eles aconteceu no dia 25 de novembro, agora, eles devem esperar pelo menos uma semana depois do reajuste para fazer novas pesquisas”, explica o diretor do Procon de Brusque, Fábio Roberto de Souza.

De acordo com ele, se a ANP constatar aumento abusivo, deve acionar os outros órgãos fiscalizadores. “Deve acontecer como o reajuste que tivemos em janeiro. A ANP monitora, e se  perceber que houve um aumento muito grande repassado ao consumidor, aciona os demais órgãos, que ajudarão na fiscalização e tomarão as medidas cabíveis”, destaca. Segundo Souza, a maioria dos consumidores levarão em média uma semana para perceber, de fato, o reajuste.


>> Leia matéria completa na edição de terça-feira, 3 de dezembro, do Jornal Município Dia a Dia
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio