Fundema realiza operação de combate ao cativeiro e caça de aves silvestres

Ação resultou na apreensão de três armadilhas para captura e 32 aves

Fundema realiza operação de combate ao cativeiro e caça de aves silvestres

Ação resultou na apreensão de três armadilhas para captura e 32 aves

Por meio de informações repassadas pela população, a Fundação Municipal de Meio Ambiente (Fundema), realizou nesta segunda-feira, 2 de setembro, uma operação referente à caça de aves silvestres.

Foram fiscalizados três locais que resultaram na apreensão de animais, armadilhas e viveiros ilegais. O primeiro ponto verificado pela equipe da Fundema foi na rua Bulcão Viana, onde foi confiscada uma armadilha utilizada para caça de aves. Os viveiros já estavam todos vazios e segundo o proprietário, os animais foram soltos na semana passada.

O segundo local vistoriado foi uma residência na rua Nova Trento, onde foram libertados vários pássaros da fauna nativa que estavam dentro de dois viveiro. Já a terceira fiscalização, na Rua João Heil, bairro Nova Brasília, foram apreendidas duas armadilhas para caça de pequenos pássaros e libertadas várias aves da fauna silvestre que encontravam-se maltratados em pequenas caixas de madeira e pequenas gaiolas. 

De acordo com informações do órgão, a operação resultou na apreensão de três armadilhas para captura e 32 aves, sendo elas oito saíras militar (ave símbolo de Brusque), duas saíras sete cores, uma saíra bico fino, três gaturamos, duas coleirinhas, cinco xexeús, dois sabiás, três tiés, um sanhaçu azul, duas tirivas, dois periquitos verdes e um tuim.

O superintendente da Fundema, Diego Furtado, destaca a importância da participação de toda comunidade no ato de denunciar crimes ambientais. Para auxiliar o trabalho de fiscalização do meio ambiente, basta entrar em contato com a entidade pelo telefone de plantão 8873 1826.


Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Brusque

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio