Guabifios abre licitação para obra de duplicação e revitalização do acesso de Guabiruba

Obra é estimada em R$6,2 milhões e terá sete meses de execução

Guabifios abre licitação para obra de duplicação e revitalização do acesso de Guabiruba

Obra é estimada em R$6,2 milhões e terá sete meses de execução

Na tarde desta segunda-feira, 22 de outubro, Juliano Schumacher, diretor-presidente da Guabifios, realizou a entrega das cartas convites às empresas que vão concorrer no processo licitatório para a obra de duplicação e revitalização do acesso de Guabiruba. 

Participaram da entrega as empreas Múltiplos Serviços e Obras, Viapav Construtora Ltda, Sulcatarinense e Setep Construções S/A. As empresas têm até 5 de novembro para entregarem suas propostas de valores para realizaram do projeto. 

O ato foi acompanhado pelo prefeito de Guabiruba, Orides Kormann, pelo engenheiro José Carlos Rocha, da Ceal Consultoria Ltda que fez o projeto da obra e ainda pelo diretor Executivo do Observatório Social, Evandro Gevard, que irá acompanhar a execução da obra, como representante da sociedade.

Fiscalização

Também aconteceu a entrega das cartas convites para as empresas que tem interesse em fiscalizar a execução do projeto e desta parte, participaram as empresas Sotepa Sociedade Técnica de Estudos, Projetos e Assessoria Ltda, Azimute Engenheiros Consultores S/C Ltda e Ceal Consultoria Ltda. 

O prazo para a entrega das propostas também é o dia 5 de novembro. No dia seguinte, Schumacher participa de uma audiência com o Departamento Estadual de Infra-estrutura (Deinfra) para análise das propostas apresentadas e com isso, a empresa que irá executar a obra e que irá fiscalizar serão divulgadas. 

– Não sei como acontece essa análise, se é rápida ou demorada, pois foge da nossa competência. Mas com a empresa definida, logo teremos o início das obras e o prazo de conclusão é em sete meses. Estamos muito felizes, pois essa é uma obra muito aguarda pela comunidade – salientou o empresário. 

Em ambas concorrências, empresas convidadas foram escolhidas através de indicação do Deinfra, por serem as melhores da região no ramo. 

Qualidade

A obra será financiada pela empresa Guabifios e em contrapartida, o Estado irá abater o valor utilizado do ICMS. O valor estimado pelo Deinfra para realização do projeto é de R$6,2 milhões. 

Por ser uma obra realizada pela iniciativa privada não havia necessidade da licitação, entretanto, Schumacher optou por esta alternativa para garantir mais transparência a todo processo e também, para que de fato o menor preço seja executado. 

O empresário destacou aos concorrentes, que prima por uma obra de qualidade e por isso, pediu que não economizem neste quesito. Ainda solicitou que a empresa que vencer a licitação, de fato execute o projeto. 

– Nós selecionamos essas quatro empresas, por referências nos passadas e por isso, confiamos nelas. Se uma delas repassar os serviços para uma quinta ou sexta empresa, eu não vou conhecer e saber se realmente são competentes para executarem o projeto – destacou. 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio