Iniciam as obras de restabelecimento da ponte Arthur Schlösser

Equipe da empresa licitada trabalha na instalação do canteiro de obras e ligações de água e energia

Iniciam as obras de restabelecimento da ponte Arthur Schlösser

Equipe da empresa licitada trabalha na instalação do canteiro de obras e ligações de água e energia

As obras de restabelecimento ao tráfego da ponte Arthur Schlösser, no Centro, foram iniciadas na segunda-feira, 17, conforme o cronograma já definido entre a Prefeitura de Brusque e a empresa vencedora da licitação, Engedal Construtora, de São José.

A primeira etapa consiste na instalação do canteiro de obras, ligações de água e energia elétrica e recebimento dos primeiros materiais, com o trabalho de equipes técnicas e de sondagens nas proximidades do leito do rio Itajaí-Mirim.

Também são executadas furações nas estruturas da viga, que receberá as peças metálicas, função necessária para sustentar os cabos que deverão manter os pilares.

Renato de Borba, engenheiro da prefeitura responsável pela fiscalização da obra, lembra que ainda esta semana outras etapas deverão ser iniciadas. “A colocação de andaimes e a chegada das peças metálicas devem ser implantadas até sexta-feira, 21. Tudo dentro do cronograma acordado”.

 

A prefeitura destaca que, na proposta apresentada estão inclusas as despesas para a execução dos projetos, o escoramento provisório da ponte, assim como o fornecimento de equipe, materiais e equipamentos necessários para o restabelecimento do acesso.

O contrato emergencial tem vigência de 138 dias, a contar da data de assinatura. O objetivo é que dentro dos próximos 45 dias, a passagem seja liberada para o tráfego de veículos leves.

Recursos
O restabelecimento da ponte está sendo executado com recursos do governo federal, por meio do Ministério da Integração Nacional, oriundos do reconhecimento municipal, estadual e federal do Decreto de Situação de Emergência em decorrência da última enchente, no fim de maio, que danificou pelo menos um dos pilares da ponte.

O valor total investido dependerá de uma avaliação técnica sobre a necessidade de prevenção nos demais pilares de sustentação. No entanto, há R$ 1.331.330,13 disponível. O que sobrar deverá ser devolvido.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio