Memorial da fábrica de vasos Willy João Dietrich é o novo ponto turístico de Guabiruba

Espaço foi inaugurado no domingo, 21, e será incluído na rota turística do município

Memorial da fábrica de vasos Willy João Dietrich é o novo ponto turístico de Guabiruba

Espaço foi inaugurado no domingo, 21, e será incluído na rota turística do município

Os turistas que visitam Guabiruba agora têm mais uma opção de lazer na cidade. Inaugurou no domingo, 21, o Memorial da Fábrica de Vasos Willy João Dietrich.

O espaço foi montado anexo à fábrica, no bairro São Pedro, e nasceu a partir das constantes visitas de grupos ao local para conhecer o processo de fabricação dos vasos de argila.

Veja também:
Dívida trabalhista do antigo HEM é de cerca de R$ 7 milhões

Prefeitura de Brusque ainda espera documentos para liberar construção do novo shopping

Presentes em quase todos os bairros, mercadinhos de Brusque mantêm clientela fiel

 

Por ser a única fábrica de vasos da região ainda em operação, o local sempre atraiu muitos visitantes e, por isso, a família Dietrich decidiu montar um espaço que conta a história da fábrica criada por Willy João Dietrich.

Emiliano Carminati, Vanessa Dietrich Carminati e João Willy Dietrich são os responsáveis pelo memorial | Foto: Bárbara Sales

“As pessoas gostam muito de conhecer a fábrica, de ver a arte de fazer vasos, temos muitas visitas de escolas e então surgiu a necessidade de montar um espaço onde as pessoas podem conhecer melhor a nossa história”, diz Vanessa Dietrich Carminati, neta do fundador da fábrica.

Ela conta que como a família tinha muitas fotos, peças antigas produzidas na fábrica e recortes de jornal, decidiu dar início ao projeto, que foi aprovado pelo Fundo Municipal de Cultura de Guabiruba.

Foram produzidos banners com um resumo da história de Willy João Dietrich e da fábrica e também um vídeo que será exibido durante a visita de grupos maiores ao local. “Foram horas de estudo, de pesquisa, para não faltar nada e nem ninguém. Graças aos recursos do fundo municipal conseguimos investir mais na parte gráfica e valorizar o projeto”, destaca Vanessa.

A história da fábrica
A história da fábrica de vasos começou a ser escrita a partir de 1937, quando Willy João Dietrich estava com 14 anos e se interessou em aprender a fazer vasos. Na época, seu pai tinha uma olaria. Foi lá que ele aprendeu a fabricar os vasos, apenas observando o trabalho de um oleiro. “Ele foi autodidata, sentou num torno que tinha na olaria e foi persistente até conseguir fazer algo parecido com um vaso”, conta a neta.

As peças eram queimadas no forno da olaria e depois ele foi aperfeiçoando a produção. Em 1946, Willy Dietrich casou com Hilária Dietrich e logo depois montou a pequena fábrica, que permanece no mesmo lugar. “Meu vô e minha vó trabalhavam na agricultura. Os vasos eram uma renda extra”, diz.

Anos mais tarde, Dietrich decidiu focar somente na produção dos vasos. Foi aí que o negócio começou a crescer. Hilária ia de carroça até Brusque para vender os vasos e assim a fábrica ficou conhecida na região. “Chegou uma hora que as pessoas começaram a vir aqui na fábrica buscar os vasos”.

Em 1979, Dietrich faleceu. Hilária e os filhos continuaram com o negócio. Ela administrava e os filhos produziam. Anos depois, apenas um dos filhos do casal, João Willy Dietrich, continuou no ofício. Hoje, ele é o único da família que continua na produção dos vasos. A filha, Vanessa, o genro e a esposa auxiliam no trabalho. Em 2006, após o falecimento de Hilária, foi inaugurada a loja de artesanato em frente à fábrica. “Percebemos a necessidade de ter algo a mais no negócio, então ampliamos com a venda de flores, decoração e artesanato”.

Veja também:
Brusquenses optam pelas excursões para visitar a Oktoberfest Blumenau

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Oktoberfest ultrapassa público da última edição com mais de 592 mil

O memorial foi a forma encontrada pela família de manter esta história viva. “É muito orgulho, principalmente por falar desta tradição da família, que é o que mais nos influenciou a fazer. Mostrar o valor do trabalho em família e a nossa tradição que é o que nos sustenta”.

A partir de agora, o memorial também fará parte da rota turística de Guabiruba e será incluído nas placas de informações turísticas do município.

Informações
O memorial da Fábrica de Vasos Willy João Dietrich fica na rua São Pedro, 2306, em Guabiruba. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 18h30. No sábado o local está aberto das 8h às 12h.

Mais informações: 47-3354-2573.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio