Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Órgãos públicos deveriam imitar governador e se desfazer de veículos pagos pelo estado

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Órgãos públicos deveriam imitar governador e se desfazer de veículos pagos pelo estado

Raul Sartori

Que tal?
Na passagem por Blumenau, anteontem, Carlos Moisés conheceu a técnica de enfermagem aposentada Kelly Cristina Dias, que no dia 8 de fevereiro foi beneficiada com o transporte de órgãos no helicóptero até então de uso privativo dele, governador. O coração que a salvou veio de Brusque, pelos ares. Que tal, com esse exemplo, Alesc, TCE, TJ-SC e MP-SC se desfazerem dos mais de 800 automóveis que atendem seus deputados, conselheiros, desembargadores e promotores e permitir melhorar as condições de saúde da população?

Quanto custam
O fundamentado estudo do Tribunal de Contas apontando que 105 municípios de SC com menos de 5 mil habitantes não conseguem se sustentar diz que caso não tivessem sido emancipados o estado poderia ter economizado R$ 1 bilhão ao ano.

Veja também:
Centro de artes marciais anuncia expulsão de agressor de mãe e filha 

Previsto em lei, Museu de Arte de Brusque nunca saiu do papel 

Homem encontra dinheiro e boleto no chão, paga e devolve o troco em Brusque 

 

Se…
Para o deputado estadual Sargento Lima (PSL), se a escola de Suzano tivesse segurança armado, a tragédia de quarta-feira poderia ter sido evitada. Será? O mesmo deputado defende o porte de arma para agentes de segurança socioeducativos em SC. Tais profissionais atuam diretamente com menores infratores.

Ataque
Em seu primeiro discurso da tribuna, o deputado federal Hélio Costa (PRB-SC), que é membro titular da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, foi para o ataque, batendo em um juiz de SC. Sem citar nome, relatou que o magistrado “saiu das varas criminais de Florianópolis porque não prendia ninguém, nem roupa de varal”. Por isso defende mudança de postura: “O criminoso que cometer delito tem que ir pra cadeia”.

Cadastro positivo
Vai para o biografia do ex-senador catarinense Dalírio Beber (PSDB) a autoria do projeto que criou o cadastro positivo, que foi ontem para sanção do presidente Jair Bolsonaro. Permite a criação de um banco de dados sobre bons pagadores, contrapondo-se aos famosos cadastros negativos (como Serasa e SPC), que registram maus pagadores. Perguntar não ofende: os bancos irão mesmo baixar as taxas de juros para os bons pagadores?

Olhando adiante
Quem vê o presidente da Federação das Indústrias de SC (Fiesc) focando sua gestão na descentralização da entidade – começando por visitas seguidas de sua diretoria às principais cidades do interior – jura que Mario Cesar de Aguiar está sendo preparado ou está se preparando para voos na política. Ele prefere um prudente silêncio sobre o assunto.

Pouco
Presidente do Conselho Estadual da Mulher, Célia Fernandes está tentando sensibilizar o governo estadual e prefeituras sobre a necessidade de aumento do número de unidades do órgão. SC tem 295 municípios e só há conselho em 28.

Lamentável
Os corpos das vítimas de Suzano nem foram todos enterrados e figuras notórias e, porque não dizer, lamentáveis, da nossa vida política, se deram ao direito de publicar nas redes sociais notas vinculando a tragédia ao projeto do ministro Sérgio Moro. Pelos conteúdos publicados, dá para notar que nem ao menos a leitura do teor da proposta fizeram. A ideia é apenas de aproveitar o sangue derramado para atacar. Como escreveu o juiz Marcelo Bretas: “Usar esse momento trágico como argumento de discurso político é exemplo claro de oportunismo e desumanidade.”

Espantoso
Há ecologistas de bar e passeata entre os estridentes opositores, com espaço cativo em certa mídia, contrários a um projeto de porto turístico em Balneário Camboriú, envolvendo um píer para transatlânticos, shopping e hotel.

Veja também:
Após pedido de recuperação extrajudicial, RenauxView projeta continuidade 

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Assalto no aeroporto Quero-Quero, em Blumenau, durou menos de 10 minutos

Escudo
Integrantes da CPI que vai investigar as obras de recuperação da Ponte Hercílio Luz foram aconselhados a dar o máximo de blindagem nos seus trabalhos, evitando qualquer vazamento. É desnecessário dizer que nove em cada 10 florianopolitanos gostariam de saber quem botou a mão naquele butim e dele tirou R$ 700 milhões até agora. E a ponte continua lá, inútil.

Disse tudo
O depoimento de um ex-aluno que hoje é professor da escola de Suzano não podia ser mais expressivo: o bullying entre os alunos é prática mais que comum e não se respeita os professores.