PSD de Brusque decide por candidatura de Roberto Prudêncio a deputado estadual

Nome do ex-prefeito foi anunciado após reunião do partido realizada nesta terça-feira

PSD de Brusque decide por candidatura de Roberto Prudêncio a deputado estadual

Nome do ex-prefeito foi anunciado após reunião do partido realizada nesta terça-feira

A Executiva do PSD de Brusque reuniu-se nesta terça-feira, 20, ocasião em que decidiu pelo lançamento de uma pré-candidatura a deputado estadual para as eleições gerais de outubro deste ano. O nome escolhido é o do ex-vereador e ex-prefeito interino Roberto Prudêncio Neto.

Prudêncio está na vida política desde 2008, ano em que foi eleito para pela primeira vez para o Legislativo municipal, tendo sido reeleito em 2012.

Durante os dois mandatos, fez parte do grupo de oposição ao governo Paulo Eccel (PT). Isso durou até março de 2015, quando assumiu interinamente a prefeitura após a cassação do mandato de Eccel e de seu vice, Evandro de Farias, o Farinha.

O que era para ser um mandato tampão, de um mês até a convocação de novas eleições, tornou-se um governo de um ano e dois meses, devido à demora da Justiça Eleitoral em julgar os recursos propostos por Eccel.

Em junho de 2016, foi derrotado por José Luiz Cunha, o Bóca (PP) na eleição indireta – somente com voto dos vereadores – realizada para escolher o prefeito que iria terminar o mandato iniciado em 2013.

Poucos meses depois, já havia uma nova eleição municipal, na qual Prudêncio surpreendeu ao decidir candidatar-se a vice na chapa encabeçada pelo empresário Jadir Pedrini (PROS), que debutava na vida político-partidária.

Agora, ele deverá concorrer pela primeira vez a um cargo no parlamento estadual.

“Acredito que possa trazer mais representatividade para a nossa cidade”, afirma Prudêncio, o qual frisa que ainda é necessária a aprovação da candidatura na convenção estadual do partido.

Questionado se havia outros nomes postulantes a uma vaga na disputa eleitoral interna, o presidente do PSD de Brusque, vereador Ivan Martins, afirmou que a escolha de Prudêncio para concorrer à Assembleia Legislativa foi consenso entre a Executiva.

Ele adianta que o partido não terá candidato a deputado federal, e deve apoiar uma das candidaturas de Brusque.

Martins diz que a sigla irá aguardar o lançamento oficial dessas candidaturas à Câmara Federal, mas afirma que, de antemão, já está descartado qualquer apoio a uma candidatura do PT, ou a ele alinhada.

Atualmente, o PSD trabalha, no plano estadual, para viabilizar a candidatura do deputado Gelson Merísio para o governo do estado, mas encontra resistência em acordo firmado com o MDB, que deveria, em tese, encabeçar a chapa neste ano, após duas eleições consecutivas como vice de Raimundo Colombo.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio