Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Debate sobre passe livre no transporte público ganha força em diversas cidades

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Debate sobre passe livre no transporte público ganha força em diversas cidades

Raul Sartori

Passe livre
Em várias cidades brasileiras e com candidatos de olho nas eleições de 2024, o debate do passe livre no transporte público tem ganhado força e tem tudo para ser um tema central no pleito. Em SC, a bandeira começa a ser encampada em Florianópolis. O prefeito Topázio Neto (PSD) tem um estudo em andamento para avaliar a viabilidade. Entre dezembro de 2022 e janeiro de 2023, ele instituiu a passagem gratuita aos fins de semana para estimular os deslocamentos na época mais movimentada da cidade. Mas acha que precisa de um aporte federal para que dê certo.

Repercussão nacional 1
Ao dedicar uma página ao caso, o jornal “O Globo” deu repercussão nacional ao caso da major Lumen Lohn, da Policia Militar de SC, que é transexual, que teve sua promoção para tenente-coronel recusada sete vezes e pode ser demitida. O processo tramita em sigilo.

Repercussão nacional 2
O diário carioca aproveita o fato pera dizer que o governador Jorginho Mello, “conservador convicto, tem feito uma gestão que acumula decisões ideológicas. Recentemente, determinou o recolhimento das escolas estaduais de livros clássicos, como “Laranja Mecânica”, de Anthony Burgess. Após os ataques antidemocráticos de 8 de janeiro, enviou defensores públicos a Brasília para dar assistência aos catarinenses envolvidos nos ataques. Em outro ato, sancionou a lei que instituiu a escola sem partido, uma das bandeiras do bolsonarismo”.

Rota da droga
SC vem consolidando-se, infelizmente, como uma rota para o tráfico internacional de drogas. E das formas mais inusitadas possíveis, como a descoberta, sexta-feira, por mergulhadores do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar, que encontraram 130 quilos de cocaína no casco de um navio atracado no porto de Imbituba.

Empreendedorismo
O Ranking de Universidades Empreendedoras (RUE), feito pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior), apontou que a Universidade de São Paulo (USP) é a mais empreendedora do Brasil. É feito a partir de dados que demonstrem que a instituição está inserida em sistemas que desenvolvam a sociedade por meio de práticas inovadoras. E entre as 20 primeiras colocadas estão, orgulhosamente, em 7º e 8º lugar, respectivamente, Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) e a Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó).

Rebatida
A direção nacional da OAB, que tem o catarinense Rodrigo Horn como vice-presidente, finalmente deixou a covardia de lado e rebateu o ministro “supremo” Alexandre de Moraes, que em julgamento na semana passada ironizou notas da entidade. O presidente Beto Simonetti divulgou vídeo pedindo “respeito” e dizendo representar “a maior instituição civil do País”. A manifestação veio depois de julgamento, quinta-feira, em que o “supremo” e presidente do Tribunal Superior Eleitoral barrou um advogado de fazer sustentação oral, alegando que o direito não está previsto no julgamento de recursos.

Pacificação
Os municípios de Capivari de Baixo, Rio do Sul e Camboriú são os primeiros de SC – e provavelmente dos primeiros no Brasil – onde está começando a ser aplicado, primeiramente na comunidade escolar e depois na população em geral, o sistema de justiça restaurativa, onde profissionais especializados, ou facilitadores, procuram identificar os conflitos e em seguida aplicar métodos de construção com foco, sempre, na pacificação e no estímulo a soluções consensuais.

Pessoa idosa 1
Titular da 6ª Delegacia de Polícia da Capital, a querida e veterana delegada Ester Coelho afirmou num encontro estadual sobre cuidados com a saúde e segurança da pessoa idosa, semana passada, que cerca de 90% da violência física, patrimonial, psicológica e sexual contra idosos tanto na Capital como em outras cidades de SC, é praticada por familiares ou conhecidos das vítimas.

Pessoa idosa 2
O promotor público Daniel Paladino chamou a atenção para o crescimento das chamadas instituições de longa permanência para idosos (LPIs) em todo Estado e especialmente em Florianópolis. Em 2008 haviam 17 na capital catarinense e agora 45, vistoriadas semanalmente, todas as terças-feiras. Garante ele que 99% são residenciais estruturados, com ambiente seguro, acolhedor e com serviços de qualidade. Que bom.

Capital da Pesca
O Diário Oficial da União de quinta-feira publicou a lei federal 14.733, de 2023, que confere à Itajaí o título de Capital Nacional da Pesca. De iniciativa do senador Esperidião Amin (PP-SC), a norma é originária do projeto de lei 5226/2019, relatada pelo ex-senador Jorginho Mello.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo