Reorganização em turmas das creches busca zerar fila de espera em Brusque

Secretaria de Educação realizou um estudo que promete iniciar o ano com mais de mil novas vagas nas unidades escolares

Reorganização em turmas das creches busca zerar fila de espera em Brusque

Secretaria de Educação realizou um estudo que promete iniciar o ano com mais de mil novas vagas nas unidades escolares

As 1.176 crianças que estão na fila de espera por uma vaga nos Centros de Educação Infantil de Brusque deverão iniciar o ano já matriculadas. Um estudo realizado nos últimos meses pela Secretaria de Educação visa reorganizar os espaços físicos de algumas unidades escolares. O intuito é otimizar a estrutura e concentrar os atendimentos por faixa etária.

As mudanças serão aplicadas para as crianças entre seis meses e três anos de idade, que frequentam o Berçário I, Berçário II, Infantil I, II e III. O secretário de Educação, José Zancanaro, explica que unidades que antes ofereciam somente o B1 e B2 agora passarão a oferecer o Infantil. “Onde tem mais espaço físico, vamos incluir essas turmas em período parcial para as novas matrículas. Os alunos já matriculados no integral continuam nesta condição”.

O secretário acrescenta que nas turmas de B1 e B2, que vai de seis meses a 2 anos, é possível ter, no máximo, dez alunos por sala. Já no Infantil, que é acima de 2 anos até completar 4 anos, o máximo é de 20 alunos. “Desta maneira, com essa readequação das turmas, conseguimos oferecer mais vagas por períodos e, por meio do estudo feito, conseguimos iniciar o ano com a fila de espera zerada”, diz Zancanaro.

Apesar da oferta de vagas aumentar, o secretário esclarece que não será possível precisar se será próximo da casa do aluno. “Na hora da matrícula os pais têm que ver onde terá vaga. Pode ser que na creche perto de casa tenha para um período, mas o pai queira para o outro, então tem que ver qual unidade tem essa vaga para oferecer”. Ele complementa que “é melhor se programar para se locomover por alguns quilômetros a mais do que não ter a vaga para o filho”.

Os alunos já matriculados terão preferência nos pedidos de transferência para unidades mais próximas das residências. Todas as mudanças estão previstas na legislação e respeitam a resolução da Educação Infantil, que regulamenta a quantidade de alunos por faixa etária.

Contratação de profissionais
Com o aumento no número de vagas, a Secretaria de Educação garante que atenderá a demanda com a contratação de novos profissionais. O intuito do órgão é começar o ano letivo com os professores, monitores e educadores sociais já contratados e escalados para as suas unidades escolares.

Para isso, o processo seletivo para os novos profissionais está em fase de publicação e será feito por meio de prova aplicada pela Unifebe. Já para a contratação de novos serventes e serviços gerais o processo já foi publicado e as inscrições serão realizadas exclusivamente junto ao Centro Municipal de Inclusão Digital (Cmid), na Arena Brusque.

O período de inscrição inicia hoje e vai até 17 de novembro, das 9h às 17h. “Todos os profissionais serão contratados ainda este ano e até fim do ano saberão em quais unidades atuarão. A intenção é terminar o ano sabendo como começaremos o próximo”, diz Zancanaro.

Matrículas e rematrículas
Inicia hoje o período de rematrículas para os estudantes que já frequentam os educandários da rede municipal de ensino. Os pais e responsáveis têm até sexta-feira, 10, para rematricular os alunos da Educação Infantil, Fundamental, Médio e EJA.

Na mesma data, a Secretaria de Educação promove também o processo de transferência para os interessados em mudança de escola ou de turno. Os pedidos de rematrícula ou de transferência devem ser feitos durante os horários de funcionamento das unidades escolares.

Já o período de novas matrículas inicia na segunda-feira, 13, e segue até sexta-feira, 17. Para realizar a inscrição basta se dirigir até a secretaria da escola com originais e cópias do CPF, certidão de nascimento, carteira de vacinação, caderneta de adolescente (para anos finais), comprovante de residência, cartão do SUS e número do PIS.

A diretora da Secretaria de Educação, Monica Soares, ressalta que as matrículas estarão disponíveis para os estudantes a partir dos 4 anos de idade. “Como as inscrições no programa Fila Única para as crianças de zero a três anos de idade acontecem o ano todo, decidimos focar nosso atendimento entre os dias 6 a 10 de novembro, aos alunos que já fazem parte da rede de ensino”.

Por isso, entre esses dias e de 15 de dezembro a 7 de fevereiro, as inscrições para o Fila Única estarão suspensas. Fora esse período, durante o funcionamento das escolas os pais podem solicitar o cadastro no programa.

Monica lembra ainda que, por conta da grande emigração de estudantes da rede estadual e particular e também pelo fato da secretaria não poder precisar a demanda de alunos novos na rede, o órgão aguardará as matrículas para divulgar a relação de turmas e turnos. As listas serão fixadas no mural dos educandários no dia 1º de dezembro.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio