Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Secretaria de Estado de Turismo está entusiasmada com regulamentação de jogos e cassinos no Brasil

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Secretaria de Estado de Turismo está entusiasmada com regulamentação de jogos e cassinos no Brasil

Roleta 2

Raul Sartori

Roleta 1
O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, se integrou como um dos maiores entusiastas da mobilização do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo, que junto com deputados federais e senadores tentam agilizar projetos de regulamentação dos jogos e cassinos no Brasil. Seria o fim da hipocrisia: os brasileiros ricos vão gastar no jogo fora do Brasil. E aqui dentro se deixa de R$ 37 bilhões por ano.

Roleta 2
Pelos atuais projetos de lei que tramitam no Congresso, Estados com até 15 milhões de habitantes poderão ter um cassino, que é o caso de SC. Aqueles entre 15 milhões e 25 milhões poderão ter até dois, como Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia. São Paulo, que tem mais de 25 milhões de habitantes, poderá ter até três.

Perigosa obscenidade
O secretário da Casa Civil, Nelson Serpa, não apenas concorda, como mandou informações complementares sobre a nota com o título “Obscenidade”, nesse espaço, ontem, informando da sorrateira aprovação, anteontem, na Assembleia Legislativa, de projeto de lei complementar que regulamenta parágrafos do artigo 120 da Constituição Estadual, que tratam da reserva de 1% da receita corrente líquida do Estado para o atendimento de emendas parlamentares individuais. Serpa alerta que, se aprovado, gerará desequilíbrio na gestão orçamentária que chegará, já em 2018, a R$ 230 milhões. Na sua avaliação, ele quebra a independência entre os Poderes e caracteriza vício de iniciativa por se tratar de matéria orçamentária, sem falar nos sérios problemas que a vinculação de receita trará para a gestão financeira do Executivo catarinense. Continha: R$ 230 milhões divididos por 40 (40 deputados) resulta em R$ 5,8 milhões para cada um, por ano. Sabe-se muito bem qual o destino final de tais emendas. É mesmo uma obscenidade.

Bebida nos estádios
Finalmente, haverá uma decisão sobre o arrastado assunto. Em sessão extraordinária, dia 25, será votado o projeto de lei 476/2015, que trata da comercialização de bebidas alcoólicas em estádios e arenas esportivas de SC. Há grande pressão pela votação, principalmente por parte dos clubes de futebol. Todos a favor de liberação, só de cerveja. Em investida posterior, vão pedir de todo tipo de bebida alcoólica.

Tela preta
O TJ-SC suspendeu a divulgação do documentário O Milagre de Chapecó, que narra a história do acidente aéreo com a Chapecoense, que matou 71 pessoas, em novembro de 2016, na Colômbia. Produzido pela Trailer, do uruguaio Luiz Ara, estrearia dia 30. Não será mais, porque a Chapecoense entrou na Justiça alegando que a divulgação ocorreu sem seu conhecimento ou aprovação.

Personagem
A atriz catarinense Bruna Linzmeyer é a capa da revista Trip que chega hoje às bancas. Mais uma vez, além de poses onde exibe toda sua extrema beleza, conta que tem uma imensa facilidade em se comunicar e se apaixonar por pessoas, e que é bissexual. Seu amor atual é uma mulher.

Saúde máxima
Alta médica oficial, o senador Paulo Bauer (PSDB-SC) só conseguiu na manhã de ontem, embarcando logo em seguida para exames mais completos em São Paulo. Quinta-feira, como o Brasil inteiro viu, para garantir um placar favorável ao amigo Aécio Neves ele precisou de uma ambulância para sair do hospital – para onde foi depois de se sentir mal durante almoço – e ir ao plenário, acompanhado por uma médica.

Liderança
Ex-deputado estadual pelo PT, Vilson Santin retornou ao Legislativo estadual anteontem, com tribuna franqueada para, como ilustre representante e dirigente superior do Movimento Sem Terra em SC, bater nas reformas trabalhista e previdenciária e no desmonte da reforma agrária.

Descaminho
Agora só falta a sanção do governador Raimundo Colombo para as gangues que fazem roubos de cargas em SC perderem o mercado. Trata-se de projeto de lei que cassa o cadastro de contribuinte de ICMS de estabelecimentos que comercializarem produtos de origem ilegal. Sem a inscrição, empresa que comprar material vai criar dificuldade em manter sua atividade.

Satisfação
A pesquisa mensal de satisfação do passageiro que atualmente envolve os 15 principais terminais aéreos brasileiros, passará a ter mais cinco a partir de novembro. Dentre eles o Hercílio Luz, de Florianópolis.

DETALHES
O falecido reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, será homenageado postumamente em sessão solene, hoje, na Câmara de Vereadores de Tubarão, sua cidade natal.

É simplesmente horrendo o nome de um frigorifico no qual o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) reprovou sua compra pela JBJ, empresa de José Batista Júnior, irmão dos enrolados Joesley e Wesley Batista: Mataboi.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio