Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Senado inicia apreciação de projeto que reduz punibilidade de condenados pela Lei da Ficha Limpa

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Senado inicia apreciação de projeto que reduz punibilidade de condenados pela Lei da Ficha Limpa

Raul Sartori

Projeto polêmico
Sob regime de urgência, o Senado inicia hoje apreciação de polêmico projeto do senador Dalírio Beber (PSDB-SC) que, no fundo, reduz a punibilidade de condenados pela Lei da Ficha Limpa. Em outubro de 2017, o Supremo Tribunal Federal decidiu que a pena de oito anos de inelegibilidade para políticos condenados pela Justiça Eleitoral por abuso de poder econômico pode ser aplicada inclusive a pessoas condenadas antes da entrada em vigor da Lei da Ficha Limpa, em junho de 2010. O projeto do senador quer eliminar o “antes” de 2010. Os telejornais da Rede Globo deram destaque ao assunto ontem. E “O Globo” dedicou um editorial contra a iniciativa.

Paz
O catarinense é um sujeito pacífico. Fosse noutros lugares a presença do corruptíssimo e sinistro ex-ministro José Dirceu, ontem, em Florianópolis, onde lançaria, à noite, seu livro “Memórias Volume 1”, não seria bem-vinda.

Prestígio
Apesar do absoluto desastre que foi a operação Ouvidos Moucos, que ela comandou e que resultou no suicídio do então reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancelier, a delegada da Polícia Federal Erika Marena foi convidada (e aceitou) para integrar a equipe de transição do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro. A proposta partiu do futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Veja também:
Região pode perder 13 profissionais com saída de cubanos do Mais Médicos 

Tragédia de 2008: quais as causas de tantos estragos em Brusque

Saiba quanto os candidatos de Brusque e região gastaram por voto nas eleições de 2018

Outubro Rosa
O Diário Oficial da União publicou ontem lei sancionada pelo presidente Michel Temer, originário de projeto da deputada federal catarinense Carmen Zanotto (PPS), oficializando a campanha “Outubro Rosa”, de conscientização sobre o câncer de mama, na administração pública federal.

Comunicação
Os filhos do presidente eleito têm poucos elogios para jornalistas. As poucas exceções são para o colunista da revista Veja, Augusto Nunes, e Felipe Moura Brasil, da equipe do site O Antagonista. Os dois podem ser convidados para a ainda sofrível área de comunicação de Jair Bolsonaro.

Vergonha
Certamente foi o sentimento – de vergonha – de milhões de brasileiros de bem, ontem, saber que seu compatriota, Carlos Ghosn, presidente do conselho da Nissan, foi preso, no Japão, por sonegação de impostos. Por anos, declarou renda diferente da real.

Saga familiar
Nome que marcou a história da comunicação em SC, o empresário Nelson Sirotsky lança hoje, a partir das 18 horas, no Beiramar Shopping, em Florianópolis, o livro autobiográfico “O oitavo dia”, em parceria com a romancista Leticia Wierzchowski.

Choque de ordem
De 15 a 17 a Policia Militar de SC fez uma operação no litoral norte do Estado na modalidade “choque de ordem”. Foi em áreas com frequência de crimes e desordem ou com grande afluência de pessoas. Envolveu 647 policiais, 186 viaturas e 85 motocicletas, com 100 barreiras, 2.542 pessoas abordadas, 2.509 veículos fiscalizados e 32 bares fiscalizados. Resultado direto: 26 CNHs recolhidas e 156 veículos removidos por causas diversas, além de 27 pessoas presas. Mais alguns “choques de ordem” e se melhora muito a segurança.

Veja também:
Guabirubense irá apresentar look em concurso internacional de Moda Inclusiva, em São Paulo

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Vila Encantada, em Pomerode, lança livro infantil e troca por obras usadas

Pré-história
O complexo estudo, com análise de DNA, que agora reescreve a saga dos primeiros habitantes do Brasil, envolveu achados em SC, mais precisamente no sítio arqueológico Jabuticabeira 2, de quase 6 mil anos, localizado em Jaguaruna, no sul do Estado. Trata-se de um dos maiores sambaquis já encontrados no país.

Currículo
Lamentavelmente, conforme opinião quase geral entre os analistas políticos, o presidente Michel Temer deixará seu mandato sem um grande ato de grandeza, patriótico até. Vai sancionar o aumento despudorado de mais de 16% para os ministros do Supremo Tribunal Federal e, dessa forma, pelo efeito cascata, saquear R$ 6 bilhões/ano do bolso do contribuinte.

Médicos
Como afirmou o presidente eleito Jair Bolsonaro, muitos prefeitos, inclusive de SC, trocaram os médicos que tinham pelos cubanos para reduzir suas despesas. E outros também o fizeram porque não conseguiam atrair tais profissionais para seus municípios, mesmo com salários acima de R$ 20 mil.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio