Timão terá mudanças para enfrentar o Palmerias na final do Paulistão

No Carioca, o Botafogo tentará virar para cima do Vasco; no Gauchão, o Grêmio é franco favorito

Timão terá mudanças para enfrentar o Palmerias na final do Paulistão

No Carioca, o Botafogo tentará virar para cima do Vasco; no Gauchão, o Grêmio é franco favorito

O Corinthians tem uma tarefa difícil no domingo, 8, na Allianz Arena. O alvinegro tem de vencer o Palmeiras por, pelo menos, dois gols de diferença para levantar a taça do Campeonato Paulista de 2018.

A partida de ida da final do estadual terminou 1 a 0 para o Verdão. Por isso a necessidade de fazer pelo menos dois gols para ser campeão sem sufoco. Em caso de novo 1 a 0, a decisão irá para as penalidades.

A tarefa será hercúlea, pois o Palmeiras tem a melhor defesa e o ataque mais positivo da competição. Para mudar a história, o técnico Fábio Carille mandará a campo um time modificado.

Jadson, recuperado de lesão muscular na coxa, deverá entrar no lugar de Emerson Sheik. Outra alteração, baseada nos treinamentos durante a semana, é Romero no lugar de Clayson – expulso na partida de ida.

O meio-campista Ralf tem tudo para começar no lugar de Gabriel. O veterano dá mais envergadura e estatura para o meio de campo, setor chave para o Corinthians armar o seu jogo.

O Verdão joga pelo empate e tem a seu favor a ótima fase do ataque. Miguel Borja, artilheiro do Paulistão, é a principal referência e motivo de preocupação para a zaga alvinegra.

A expectativa é de casa cheia para o domingo. O Palmeiras informou, já na quarta-feira, 4, que os ingressos estavam esgotados.



CARIOCA
Clássico alvinegro
Botafogo enfrenta o Vasco precisando ganhar por dois gols de diferença

O segundo jogo da final do Campeonato Carioca, neste domingo, 8, promete fortes emoções para o Botafogo. A equipe perdeu a ida por 3 a 2 para o Vasco e precisa ganhar por, no mínimo, dois gols de diferença para levar a taça.

O regulamento do Carioca não prevê o gol fora de casa como critério de desempate. Com isso, o Vasco sagra-se campeão com empate ou, claro, vitória. Já o Fogão leva para os pênaltis se ganhar por um gol, não interessa o placar, e é campeão em caso de triunfo por dois gols ou mais.

O técnico Alberto Valentim treinou o time com uma série de mudanças. Ainda é nebuloso qual será o time titular.

A boa notícia para o Botafogo – e ruim para o Vasco – é que Paulinho se contundiu no confronto pela Libertadores no meio da semana. O jogador é um dos destaques do Gigante da Colina.

No entanto, Pikachu está confirmado. O elétrico atacante foi responsável por dois gols na partida de ida e é peça fundamental no esquema tático armado por Zé Ricardo.



GAÚCHO

Pra acabar com o jejum
Com larga vantagem, Grêmio tem tudo para ser campeão domingo

A goleada por 4 a 0 aplicada na partida de ida da final do Gauchão credencia o Grêmio a entrar com tranquilidade em campo neste domingo, 8. O Brasil de Pelotas tem uma missão praticamente impossível de conseguir reverter o placar.

Se o Grêmio for campeão, será o fim de um incômodo tabu dos tricolores. A última vez que levantaram a taça do estadual foi em 2010. Desde então, o clube amargou a visão do rival Inter ser campeão sete vezes seguidas. No ano passado, a zebra Novo Hamburgo conquistou o título.

O Grêmio vive bela fase. No meio da semana, venceu o Monagas (VEN) por 4 a 0. No entanto, os bastidores do clube ficaram conturbados nos últimos dias. O técnico Renato Gaúcho é cogitado para assumir o Flamengo e deixa a torcida e diretoria apreensivos.

A vida do Xavante é complicada. Embora não tenha perdido em casa nesta temporada, a última vez que venceu por 4 a 0 foi em outubro de 2014, contra o Operário (MT).

O técnico Clemer deu declarações no sentido de que sabe da dificuldade de conseguir reverter o resultado. Mas ele quer o time tenha dignidade.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio