Timão vence Flu em pleno Maracanã e volta a disparar na liderança

Tricolor pressionou no final, mas Corinthians conseguiu segurar a vitória; confira outros resultados

Timão vence Flu em pleno Maracanã e volta a disparar na liderança

Tricolor pressionou no final, mas Corinthians conseguiu segurar a vitória; confira outros resultados

Na comemoração aniversário de 115 anos do Fluminense – completados na última sexta-feira -, quem levou presente foi o Corinthians. Com gol único de Balbuena, o alvinegro voltou a vencer e disparar na liderança do Campeonato Brasileiro. A partida foi marcada por equilíbrio, embora o Timão tenha sido superior em boa parte do segundo tempo, e pressão tricolor na reta final de partida.

Começo equilibrado
Fluminense e Corinthians, embora distantes na tabela, fizeram um duelo equilibrado no primeiro tempo. As duas equipes tiveram o mesmo número de chances. Cada ataque tricolor tinha uma resposta alvinegra, e vice-versa. Richarlison comandava as melhores jogadas, todas acompanhadas pela torcida tricolor que comemorava o aniversário do time.

Aos 17 do primeiro tempo, Giovanni Augusto assustou em chute de longe que desviou em Henrique mas tinha endereço certo. O tricolor tinha mais posse de bola, mas faltava objetividade: a maioria dos passes era trocado na defesa. Quando passava do meio, a defesa alvinegra tirava e armava contra-ataque, que levava perigo ao gol de Júlio César. Mesmo assim, ninguém balançou a rede na etapa inicial.

Timão marca e administra
O Fluminense também mostrava boa capacidade defensiva, segurando o poderoso ataque corintiano. Mas aos 4 minutos, a retranca não suportou mais: Balbuena subiu mais que Henrique e testou bonito na cobrança de escanteio de Giovanni Augusto para marcar o único gol da partida.

Aí o Flu sentiu o baque e, por um bom tempo, sequer conseguiu passar do meio-de-campo. Cirúrgico como tem sido em todas as partidas do campeonato até aqui, o Corinthians pressionou pelo segundo gol, mas não conseguiu.

Na reta final o tricolor tomou as rédeas da partida. O árbitro apontou seis minutos de acréscimo, aumentando o sufoco alvinegro. O Flu acertou bola na trave, balançou a rede em impedimento e fez Cássio trabalhar bastante. Mas não teve jeito: fim de papo, 1 a 0 e três pontos para o Bando de Loucos.

Santos 3×0 Bahia
Cada vez mais sólido no G-4, o Santos atropelou o Bahia em seus domínios. Aos 28 minutos, Copete correu pela direita e deixou para Kayke que bateu para o gol, o goleiro espalmou e ela sobrou com Bruno Henrique que escorou para as redes. Bruno Henrique voltou a marcar aos 45 do primeiro tempo, e novamente em uma sobra após boa jogada individual de Lucas Lima. O segundo tempo serviu para consagrar Bruno Henrique. Ele recebeu deixadinha de Noguera e ele marcou o terceiro e última da partida.

Avaí 1×0 Cruzeiro
Tabu quebrado na Ressacada! O Avaí venceu o Cruzeiro pela primeira vez em sua história. Júnior Dutra marcou o gol solitário da partida aos 21 minutos do primeiro tempo após cruzamento rasteiro na área e a furada de Pedro Castro. Depois disso, só deu Cruzeiro: a Raposa saiu ensandecida atrás do gol de empate. Com força e apoio da torcida, o time catarinense conquistou o placar positivo que o fez dormir uma posição acima na tabela.

Sport 0x2 Palmeiras
O Leão não conseguiu fazer valer sua força na Arena Pernambuco contra o Palmeiras. O Verdão vinha de desfalques importantes, e mesmo assim conseguiu empregar um futebol eficaz. Os dois gols foram no primeiro tempo. Bruno Henrique marcou de peixinho no escanteio de Egídio aos 33 minutos. De goleador, Bruno Henrique virou garçom para o gol de Keno aos 47 após ótimo lançamento. Com o resultado o Palmeiras se consolida na sexta posição.

Internacional volta a perder na Série B

O Inter perdeu mais uma na Série B e segue fora do G-4 da competição. Jogando contra o Vila Nova no Serra Dourada, o time sofreu um revés pelo placar de 2 a 1. Com isso o colorado perdeu uma posição e está em sexto, enquanto o time goiano terminou a rodada na quarta posição.

O Criciúma ganhou três posições com a vitória diante do ABC no Heriberto Hülse. O triunfo por 2 a 1 anima a equipe do Sul de Santa Catarina para buscar o acesso. Já o Figueirense afundou no Z-4 com uma derrota acachapante por 4 a 2 e tem futuro nebuloso na segunda divisão.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio