Venda de ovos de Páscoa cai nos supermercados de Brusque

No Brasil, foi o pior desempenho desde 2007, segundo Serasa Experian

  • Por Redação
  • 10:36
  • Atualizado às 12:56

Venda de ovos de Páscoa cai nos supermercados de Brusque

No Brasil, foi o pior desempenho desde 2007, segundo Serasa Experian

  • Por Redação
  • 10:36
  • Atualizado às 12:56
  • +A-A

As vendas da Páscoa deste ano tiveram o pior desempenho desde 2007. O Indicador de Atividade do Comércio da empresa de consultoria Serasa Experian mostra que de 21 a 27 deste mês foram comercializados 9,6% a menos do que o mesmo período de 2015. A recessão econômica, o aumento do desemprego e a queda do poder de compra dos consumidores devido à inflação, são os principais fatores para a queda.

Em Brusque, conforme levantamento realizado pelo Município Dia a Dia com três supermercados, a situação é semelhante. No Archer sobrou cerca de 10% dos ovos de Páscoa que foram comprados. Além disso, o gerente de compras, Udo Wandrey, diz que em comparação ao ano passado, foram vendidos também aproximadamente 10% a menos. Ele afirma que a crise influenciou no bolso do cliente, que optou por comprar barras de chocolates e caixas de bombons. “É uma resposta a situação que o país enfrenta”, ressalta.

A chefe de mercearia do Bistek, Simone de Quadros da Silva, diz que neste ano o estabelecimento reduziu a compra dos ovos de Páscoa em função da economia do Brasil. Mesmo assim, o produto não teve tanta saída como em 2015. “O cliente pesquisava, olhava e saia sem comprar”. Ela conta que a maioria também preferiu comprar barra e bombons. “A crise foi um fator que fez com que deixassem de presentear com os ovos”.

No supermercado Carol, do Guarani, a queda nas vendas chegou a 30% em comparação com o ano passado. O gerente Vilson Linhares diz que as pessoas estão perdendo o costume de comprar os ovos e que o produto está sendo trocado por outros chocolates. “Diminuiu bastante. O cliente opta pelo que sai mais em conta e isso é reflexo da crise”, atesta.

20160330-11

 

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio