Vereadores aprovam empréstimo de até R$ 15 milhões para Prefeitura de São João Batista

Valor será utilizado para obras de pavimentação, renovação da frota, Manecão, entre outros projetos

Vereadores aprovam empréstimo de até R$ 15 milhões para Prefeitura de São João Batista

Valor será utilizado para obras de pavimentação, renovação da frota, Manecão, entre outros projetos

A Câmara de Vereadores de São João Batista aprovou, durante a sessão desta segunda-feira, 11, o projeto de lei que autoriza a prefeitura realizar financiamento com a Caixa Econômica Federal. Assim, a administração municipal poderá emprestar até R$ 15 milhões por meio do programa Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa).

O intuito é utilizar o valor para obras de drenagem, pavimentação e calçadas; construção, reforma e ampliação de praças, parque municipal, escolas, quadras esportivas, arquibancadas para estádios de futebol e hospital; aquisição de veículos e equipamentos, como ônibus, retroescavadeiras, caminhão caçamba, hidrojato, automóveis e vans. Entre os projetos, está ainda a reforma do Ginásio de Esportes Manoel Sertório Alves, o Manecão.

A prefeitura afirma que a renovação da frota é necessária para reduzir gastos com oficina mecânica. A ideia é realizar leilão de máquinas e veículos que serão substituídos.

Leia também: Falta de reclamações à Anatel dificulta melhorias no sinal de celular no Tigipió

O projeto foi aprovado com nove votos favoráveis e um contra, do vereador Heriberto Eurides de Souza (PPS). Ele argumentou que na sua visão como empreendedor, o valor poderia causar alto endividamento à prefeitura. “Voto dentro das minhas convicções, por isso, sou totalmente contrário a este projeto”.

Já o vereador Fábio Norberto Sturmer (PP), apesar de ser contra endividamentos altos, foi favorável ao projeto de lei, pois acredita que os investimentos trarão benefícios à população.

A resolução dos problemas no transporte escolar universitário foi também um dos argumentos utilizados pelo vereador Leôncio Paulo Cypriani (MDB) durante a discussão do projeto.

Pai de uma filha que utiliza o transporte para ir à universidade em Balneário Camboriú, ele frequentemente ouve reclamações devido à superlotação. “Não é um projeto politiqueiro, vamos resolver problemas do município, como essa questão do transporte público. Sem contar que vem um dinheiro para solucionar o problema do Ginásio Manecão, que hoje é um grande apelo da população”, ressalta.

Com o valor do empréstimo, a vereadora Rúbia Tamanini (PSD) afirma que pleiteará, junto à prefeitura, uma repaginação do Bosque Municipal. Hoje o espaço público é utilizado por moradores para lazer, prática de exercícios físicos, e pelo Grupo Escoteiro São João Batista.

Miriany Farias

Desfiliação da Uvesc
Em segunda discussão e votação, os vereadores aprovaram, por unanimidade, a desfiliação da Câmara de Vereadores junto à União dos Vereadores de Santa Catarina (Uvesc). A entidade promove capacitações.

O presidente Éder Vargas (MDB) destacou que atualmente os vereadores utilizam mais a Associação dos Municípios da Região da Grande Florianópolis (Granfpolis). Por isso, não há mais necessidade do convênio. “Teremos uma economia de R$ 5 mil a R$ 6 mil ao ano”.

Veja também: Com perninhas atrofiadas, menino de 7 anos usa skate para realizar tarefas com independência

 

Presença de deputada
Em visita ao município, a deputada estadual Marlene Fengler (PSD) aproveitou para prestigiar a sessão da Câmara. Ao fazer uso da tribuna, ela informou que buscará desenvolver programas que estimulem a participação da mulher e jovens na política.

Após participar do lançamento do programa Saúde do Trabalhador, na Unidade Básica de Saúde (UBS) Centro, a deputada ressaltou o projeto Escola do Legislativo, realizado pela Assembleia Legislativa, que oferece cursos relacionados à gestão pública.

Assista à sessão da Câmara do dia 11 de março na íntegra:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio