Vigilância Sanitária alerta para cuidados na hora de fazer tatuagem ou piercing

Órgão brusquense afirma que não autoriza a utilização de anestésico injetável para esses procedimentos

Vigilância Sanitária alerta para cuidados na hora de fazer tatuagem ou piercing

Órgão brusquense afirma que não autoriza a utilização de anestésico injetável para esses procedimentos

A Vigilância Sanitária de Brusque alerta a população para os cuidados ao procurar um profissional para fazer tatuagem ou colocar piercing. A coordenadora do órgão, Lucie Herta Hilbert, destaca que as pessoas devem ficar atentas e procurar conhecer o local, verificando a higiene e também se o estabelecimento cumpre a legislação vigente.

Lucie ressalta que a Vigilância Sanitária não autoriza a utilização de anestésico injetável para estes procedimentos. “A aplicação deste tipo de medicamento é atribuição exclusiva de médicos e dentistas”, esclarece.

Ao realizar os procedimentos para realização de tatuagem ou colocação de piercing, devem ser observados alguns cuidados. Todo o instrumental empregado na execução de procedimentos inerentes à prática de tatuagem e de piercing deverá, obrigatoriamente, ser submetido a processos de descontaminação, limpeza e esterilização. As agulhas, lâminas ou dispositivos destinados a remover pelos, empregados na prática de tatuagem, deverão ser descartáveis e de uso único.

Lucie lembra ainda que menores, com idade entre 16 e 18 anos, devem ter autorização dos pais ou responsáveis, com firma reconhecida. “Menores de 16 anos não podem fazer estes procedimentos, mesmo com autorização do responsável”.

A coordenadora explica que todo cuidado é necessário, uma vez que ao realizar estes procedimentos em locais que descuidam da higiene e mesmo da saúde do paciente. “As pessoas devem ter cuidado pois sem as devidas precauções, pode-se adquirir doenças, como o vírus da Hepatite ou mesmo HIV”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio