Campeonatos estaduais voltam no fim de semana com reforços nos principais times

Campeonatos Carioca, Gaúcho e Paulista trazem grandes expectativas aos torcedores

Campeonatos estaduais voltam no fim de semana com reforços nos principais times

Campeonatos Carioca, Gaúcho e Paulista trazem grandes expectativas aos torcedores

A saudade do time do coração vai acabar neste fim de semana. A página vira e novas esperanças começam a ser semeadas ao primeiro apito de cada campeonato estadual ao redor do país. Nas três principais competições do estilo – Paulista, Carioca e Gaúcho – muitas caras novas, estrelas e apostas passarão pelo crivo da torcida nas barulhentas e coloridas arquibancadas.

O campeonato mais disputado do país, o Paulista, contará com uma grande leva de astros, com protagonismo do Palmeiras, que por mais um ano consecutivo realizou diversas contratações de jogadores caríssimos para a média nacional. Atenções também para o São Paulo, que conta com o retorno de Hernanes.

No Campeonato Carioca, é o Flamengo que gera mais expectativa, também pelo grande grupo de contratados. Pelo Gaúchão, a dupla Gre-Nal, que teve bom 2018, trava um duelo particular para começar o ano com um título que pode motivar para a sequência da temporada.

Veja também:
Governo Jonas e Ari não cumpriu 41% das promessas de campanha até a metade do mandato

Compra de garrafões se torna alternativa para minimizar efeitos da falta d’água

Opinião do jornal: “Crise hídrica é atestado da incompetência do Samae”

Paulistão
O Palmeiras segue como o clube que mais investe no país. Além de renovar contrato com praticamente todo o elenco campeão brasileiro de 2018, o time reforçou com atletas de alto gabarito. Ricardo Goulart puxa essa fila que deve contar com mais jogadores que estão em negociação.

No entanto, em um campeonato competitivo como o Paulista, isso não significa muita coisa. Até porque o Palmeiras não conquista um estadual desde 2008. Campeão das duas últimas edições, o Corinthians está cauteloso com a formação de seu elenco, tendo como principal novidade o retorno de Carille, campeão brasileiro em 2017.

Entre os grandes, o São Paulo é o time que está sem vencer o estadual há mais tempo, desde 2005. Hernanes é a grande aposta do tricolor, e foi uma exceção das contratações. Com 33 anos, ele passa da margem estipulada pela diretoria, que busca jogadores mais jovens, como Igor Vinicius, Léo Pelé e Biro-Biro. Além do técnico Jorge Sampaoli, o Santos, campeão em 2015 e 2016, trouxe apenas mais um jogador, o meia-atacante Jorge Soteldo.

Carioca
Vários nomes conhecidos chegaram na Gávea para completar o elenco do maior vencedor estadual, o Flamengo. Entre eles estão o atacante Gabriel, o Gabigol, o meia Arrascaeta e o zagueiro Rodrigo Caio. Tudo isso comandado pelo técnico Abel Braga, que volta a comandar o Fla após 15 anos.

Sonhando com Ganso e Nenê, o Fluminense vai estrear sem estes jogadores, já que o martelo ainda não foi batido. Por enquanto, a grande novidade é o atacante Yony González, da Colômbia.

Já o atual campeão carioca, Botafogo, trouxe atletas conhecidos, como o goleiro Diego Cavalieri e o meia Ferrareis. Entre os quatro grandes, o tricolor é o time que não levanta a taça estadual há mais tempo: são 7 anos sem saber o que é ser campeão carioca.

Veja também:
Viroses estão entre as principais causas de atendimento nos pronto-socorros na região

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Alertablu prevê novos temporais para sexta-feira e sábado em Blumenau

O Vasco, que teve sua última taça do estadual erguida em 2016, fez muitas contratações, apostando no ‘bom e barato’, e tendo como principal nome o meia Bruno César. Uma das grandes apostas é no atacante Ribamar. Está de volta ao clube também Fellipe Bastos.

Gaúchão
O Grêmio vem sendo sempre competitivo em todos os torneios que disputa nos últimos anos, mas fez contratações tímidas para a temporada. Atual campeão gaúcho, tem como o nome de destaque Felipe Vizeu, ex-Flamengo, que chega de empréstimo por uma temporada. A equipe também contratou o goleiro Júlio César, que estava no Fluminense.

No Internacional, um ídolo está de volta. Rafael Sobis, campeão da América e do mundo com a camisa colorada, integra o clube pela terceira vez em sua carreira. Junta-se ao elenco também jogadores rodados do futebol nacional, como o lateral-direito Bruno eu volante Rodrigo Lindoso.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio