Duo brusquense “Capim” lança disco autoral inspirado no Vale do Itajaí

Álbum tem oito músicas compostas por Didi Maçaneiro e Calinho Luminoso

Duo brusquense “Capim” lança disco autoral inspirado no Vale do Itajaí

Álbum tem oito músicas compostas por Didi Maçaneiro e Calinho Luminoso

Músicas inspiradas nas belezas do Vale do Itajaí compõem o álbum lançado pelo duo brusquense Capim, formado pelos músicos Didi Maçaneiro e Calinho Luminoso. O disco foi lançado na quinta-feira, 18, tem oito músicas, todas elas autorais, e leva o nome da dupla.

A gravação só foi possível devido ao apoio do Fundo Municipal de Apoio à Cultura (FMAC) da Prefeitura de Brusque. A dupla se inscreveu no edital em 2018 e teve o projeto homologado.

Veja também:
Após disputa judicial, Éder Leite inicia transferência de cães para sítio em Botuverá 

Pronto atendimento no bairro Santa Terezinha funcionará de forma semelhante à Policlínica

Moradores de Brusque reclamam de demora nos processos do Lar Legal 

Foram 15 dias de gravação em setembro do ano passado, na Casa Rosa Flamingo, em São Paulo, produtora da cantora Tiê, que deu a oportunidade de os músicos se apresentarem em alguns de seus show enquanto estiveram na cidade.

A produção musical foi de responsabilidade do produtor André Whoong.

“Era isso o mais importante, conseguir transformar em música o que a gente tinha na nossa cabeça. A gente tinha muito esse lance de transformar em música essa atmosfera do nosso Vale, essa coisa do interior, e tentar levar para São Paulo”, conta Calinho.

Didi comenta que todo o trabalho de produção foi gratificante. “Foi um momento de muita cumplicidade e de fazer voar as nossas várias ideias pra esse disco”.

Inspiração
A dupla surgiu com a ideia de eternizar em canções as belezas do Vale do Itajaí. Cumprindo com o objetivo, o álbum é composto por músicas que trazem em suas letras as particularidades interioranas da região.

Foto: Diego Cavichioli

Calinho conta que tinha muita vontade de fazer um disco que falasse algo verdadeiro sobre o duo. “A gente buscou com esse disco mostrar o momento que a gente vive agora, a nossa verdade e o que a gente gosta, morar aqui, essa relação com a natureza”.

“Eu estou com 24 anos de música e o Capim conseguiu traduzir todo o amor e toda a paixão que sempre tentei colocar nas minhas músicas”, ressalta Didi.

O músico está contente em poder traduzir o lugar onde vive em música e ter tantas pessoas reconhecendo o trabalhando e identificando o Vale do Itajaí nas canções. “Tem sido algo muito emocionante e empolgante para seguir esse rumo que o Capim vem trilhando”.

As músicas
São seis lançamentos: “Arueira”, “Rua 140”, “Sabiá”, “Deus Me Dê Força”, “A Procura de Mim” e “Um Rio”. Outras duas músicas, “Minha Oração” e “Por Nós” já haviam sido lançadas anteriormente com clipes, sendo a primeira em dezembro de 2017 e a segunda em maio de 2018.

A principal faixa do álbum, intitulada “Sabiá”, fala sobre prestar atenção nos sinais da natureza em meio a correria do dia a dia. “Enquanto as coisas vão acontecendo a gente acaba não olhando para o sol, para o rio e para o sabiá que está cantando e tu não nota”, comenta Calinho.

“Temos musicas para vários momentos diferentes, sentimentos diferentes e elas realmente me completam”, afirma Didi.

“A grande importância dele é relembrar todo dia a beleza do paraíso que a gente mora”, enfatiza Calinho.

Repercussão
A repercussão do álbum desde o lançamento tem sido além da esperada. O duo conta que tem recebido mensagens de pessoas de todo o Brasil, inclusive convites para shows.

Veja também:
Nova administração quer que Hospital de Guabiruba atenda pelo SUS 

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Apostador de Blumenau acerta os 15 números da Lotofácil

“O que a gente notou é que o pessoal fala muito que consegue sentir no disco esse lance da música interiorana, de paz, da natureza. Muita gente sente falta disso e achou no disco um pouco desse respiro”, conta Calinho.

O evento de lançamento em Brusque ainda não tem data marcada, mas vai acontecer em breve. O duo decidiu esperar para que as pessoas tenham oportunidade de conhecer as músicas do álbum antes.

“Capim” está disponível nas plataformas digitais Spotify e Deezer, e em forma física, disponibilizado de forma gratuita na Biblioteca Municipal Ary Cabral.

Ouça o álbum Capim no Spotify:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio