O uso da bicicleta como instrumento de qualidade de vida tornou-se inseparável das discussões sobre mobilidade urbana. Sustentáveis e práticas, as bicicletas estão invadindo os grandes centros urbanos. Para a Allog International Transport, as “magrelas” também se transformaram em uma excelente opção para incentivar os colaboradores a fugirem do trânsito, ganharem independência na escolha do destino e cuidarem da saúde.

A empresa – que em 2017 investiu na compra de cinco bicicletas para uso coletivo dos funcionários e estrutura especial para ciclistas – lançou o projeto “Personal Biker” para promover a saúde e o bem-estar entre o quadro de colaboradores e estimular o uso das bikes no dia a dia. “O pedal é aberto a participação de todos os funcionários. Além de quem usa as bicicletas da empresa, os que têm uma em casa também são incentivados a participar”, destaca Tiago Schaffrath, analista de marketing da empresa e um dos voluntários do Personal Biker.

O objetivo é incentivar a prática do esporte, integrar os colegas fora do ambiente de trabalho, promover momentos de lazer e aproveitar a geografia da região para andar de bicicleta. Tiago explica que o nome Personal Biker vem do fato de que o projeto está desenhado para incluir quem deseja participar. “No caso de pessoas não têm prática de pedalar ou não pedalam há algum tempo, o Personal Biker tem o cuidado necessário para que todos possam aproveitar o pedal com instrução e segurança”, explica.

As pedaladas com o Personal Biker da Allog são realizadas terças e quintas-feiras após o expediente. Desde o começo do projeto, cada vez mais colaboradores têm se interessado em participar. “Já tivemos mais de 20 pessoas diferentes participando dos pedais e temos alguns assíduos que têm se engajado e permanecido pedalando constantemente”, destaca Tiago.

No início do projeto, participantes que não pedalavam há pelo menos 10 anos se engajaram na atividade. Outros superaram o desafio e começaram a pedalar e fazer exercícios físicos, inclusive comprando a própria bike. “Neste caso, o Personal Biker foi o estímulo para que abandonassem o sedentarismo”, conta Tiago. “Na Allog, as atividades físicas também são promovidas pela empresa na ginástica laboral e as bicicletas, em especial, nos remetem à chance de pensar em transporte, locomoção, amizade e sinergia entre as pessoas”, acrescenta. 

O uso da bicicleta como instrumento de qualidade de vida tornou-se inseparável das discussões sobre mobilidade urbana. Sustentáveis e práticas, as bicicletas estão invadindo os grandes centros urbanos. Para a
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês