Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

Promessa de campanha, reforma administrativa da Prefeitura de Brusque fica para terceiro ano de governo

Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

Promessa de campanha, reforma administrativa da Prefeitura de Brusque fica para terceiro ano de governo

Página 3

Prometida durante toda a campanha de Ciro Roza (PSB) e depois Jonas Paegle (PSB), a reforma administrativa da Prefeitura de Brusque irá sair do papel, ao que tudo indica, somente no terceiro ano do mandato.

A promessa de campanha era de uma reorganização administrativa logo após assumir o comando da prefeitura, o que ocorreu em 1º de janeiro de 2017, mas o caso se arrasta há anos, e sem perspectiva de quando será finalizado.

Veja também: 
Conheça os deputados estaduais e federais eleitos mais votados em Brusque 

Empresas de Brusque realizam entrevistas de emprego com venezuelanos

Pai é baleado durante assalto com reféns no Limoeiro, em Itajaí

Fica a impressão de que é um tempo além do razoável para execução da tarefa.

No setor público, no entanto, a burocracia impede que as coisas sejam feitas em prazos mais exíguos, com as licitações e seus burocráticos prazos para homologação e recursos de empresas participantes.

Ocorre, no entanto, que o governo também foi culpado por essa demora, ao apostar suas fichas em uma dispensa de licitação contestável, pretendida junto ao Instituto Áquila, de Minas Gerais.

Com isso, foram-se alguns meses a mais investidos em um trabalho que não deu frutos.

Veja também: 
Lei que permite regularização de imóveis já está em vigor em Brusque 

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Polícia Civil prende líderes de facção criminosa em Blumenau

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio