Polícias de Brusque se preparam para ceder parte do efetivo à Operação Veraneio

São esperados 5 milhões de turistas em Santa Catarina

Polícias de Brusque se preparam para ceder parte do efetivo à Operação Veraneio

São esperados 5 milhões de turistas em Santa Catarina

A Operação Veraneio 2018-19 foi pré-lançada em Santa Catarina nesta quarta-feira, 21. Como parte da iniciativa, policiais e bombeiros do interior do estado tradicionalmente passam a atuar de maneira provisória no litoral durante a temporada de verão. São esperados 5 milhões de turistas no período e, em Brusque, as polícias Civil e Militar cedem parte do efetivo, enquanto o do Corpo de Bombeiros deve ser mantido no município.

O comandante da Polícia Militar em Brusque, tenente-coronel Otávio Manoel Ferreira Filho, afirma que ainda não foi notificado sobre quantos policiais do 18º Batalhão irão trabalhar no litoral. No entanto, estima que sejam cerca de 20 (11,1% do total) sejam cedidos, como em anos anteriores.

“No ano passado, foram 20, sendo que 15 foram para cidades litorâneas mais próximas, como Balneário Camboriú e Itapema, e cinco foram para Florianópolis”, destaca. Desde o início de novembro, férias e licenças programadas já haviam sido canceladas na Polícia Militar de Brusque em função da Operação Veraneio.

Veja também:
Casos de cinomose disparam e causam morte de cães em Brusque

Quatro novas ruas farão parte da Área Azul em Brusque

Menino com Síndrome de Down realiza sonho de conhecer e brincar na Havan

 

Na avaliação do tenente-coronel, a temporada costuma ser bastante calma em Brusque, já que muitas famílias entram em férias e partem rumo ao litoral. Mas é justamente por este motivo que há uma preocupação com os furtos, já que as casas ficam fechadas por mais tempo. “É importante que o cidadão também esteja atento com a segurança da sua residência e tome medidas preventivas.”

O delegado regional da comarca de Brusque, Fernando de Faveri, afirma que 10 policiais civis serão encaminhados às regiões de Balneário Camboriú, Itajaí e Navagantes, apenas nos períodos de Natal e Réveillon.

“Faremos um revezamento de modo a não prejudicar o atendimento ao público que não estiver no litoral, nem investigações em andamento”. Não haverá recesso no fim de ano na comarca. O serviço do Detran e das delegacias de Polícia Civil não terão interrupções, com exceção dos feriados nacionais.

Veja também:
Complexo de Saúde, Esporte e Lazer do Paquetá está destruído e sem perspectivas de reparos

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

ESPECIAL: Assista ao documentário sobre a tragédia de 2008 em Blumenau

Estado
A Operação Veraneio terá duração de 81 dias e tem recursos garantidos para ser executada em 61 dos 295 municípios catarinenses. A iniciativa será coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada, presidido pelo secretário da Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Junior. Polícias Civil, Militar e Rodoviária, Bombeiros, IGP e Detran atuarão de forma integrada às secretarias da Defesa Civil e da Justiça e Cidadania.

Cerca de 9 mil profissionais de segurança pública e outros 1 mil salva-vidas contratados contarão com cerca de 2 mil viaturas, sete helicópteros e três aviões, além de quadriciclos, motonáuticas e embarcações. Policiais e bombeiros argentinos também cooperam na operação, através de convênio com fronteira na área de segurança pública entre Santa Catarina e a província de Misiones, que faz fronteira com o Brasil.

Será utilizado ainda um sistema de inteligência analítica, adotado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública. A plataforma tecnológica permite acompanhamento em tempo real das ações de segurança em andamento.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio