Com o olhar atento para cada explicação, a chefe de cozinha Cleonice de Souza Thomazelli, 48 anos, de Joinville, participou da aula show do 4º Festival Nacional da Cuca. Era 13h de ontem, quando a chef Sulaine Karine Meyer, vencedora do programa Que Seja Doce, do canal GNT, iniciou o preparo da cuca de abacaxi com alecrim, receita criada por ela mesma.

Do começo ao fim, Cleonice permaneceu sentada na primeira fila de cadeiras para não perder nenhum detalhe. “Gosto de misturar o doce com ervas e achei bem interessante essa receita. Não sou fã do alecrim, mas achei ótima a combinação”, observa.

Pela primeira vez participando do evento de Brusque, Sulaine conta que quando foi convidada, quis apresentar algo dentro da proposta do festival. “Achei muito interessante essa iniciativa, acho que deveriam pensar em fazer mais aulas shows durante o evento”, analisa.

Formada em Administração, a chef começou a carreira na gastronomia há sete anos e possui cursos na área da confeitaria, panificação e se formou cozinheira pelo Senac. Além de ter uma empresa em Blumenau, também é professora de Confeitaria Básica e Avançada, Panificação e Técnicas e Produção de Massas no Senac do município vizinho. No festival, Sulaine também foi uma das juradas do concurso A Cuca Nota 10 do Brasil [página 4].

Há poucos meses, Paulo Panca, 49, de Brusque, montou uma cozinha onde começou a fazer marmitex, salgados e fornecer comida para eventos. Em busca de conhecimento, ele também participou da aula show, na companhia da esposa Marlete Kohler, 52.

“Conhecia a chef por meio do programa, pois acompanhei e quis conhecê-la pessoalmente. Também participo de um grupo de chefs do Brasil, em que trocamos receitas, até porque na culinária a gente nunca sabe tudo”, comenta.

Panca afirma que fará a receita de Sulaine em sua cozinha. “Gosto de pegar novas receitas. Tem algumas, inclusive, que eu faço uma releitura para aproximar ao máximo do dia a dia e utilizar ingredientes mais acessíveis”, explica.

O casal Manoel Roni Vestfahr, 61, e Maria Silveira, 55, veio de Itajaí pela primeira vez para prestigiar o evento. Manoel é padeiro e também trabalha com confeitaria. “É muito interessante, pois a gente aprende só vendo ela fazer”, diz.

Maria também gostou do que viu e garante que reproduzirá a receita em casa. “É legal, pois a gente aprende outras maneiras de fazer receitas”. Após os 20 minutos de forno, Sulaine fatiou a cuca e distribuiu ao público que acompanhou a aula show.

Faça em casa!

Cuca de abacaxi com alecrim

Ingredientes

Massa
2 ovos
20g de fermento biológico seco
225 ml de leite morno
30g de manteiga
30 ml de óleo
80g de açúcar
400g de farinha de trigo
Sal a gosto

Recheio
2 latas de abacaxi em calda
150g de chocolate branco
70g de creme de leite

Cobertura de farofa de alecrim
150g de manteiga
250g de farinha de trigo
Canela a gosto
250g de açúcar
3 ramos de alecrim picado finamente

Preparo

Massa
Em um bowl coloque o fermento, o leite morno, a manteiga, o óleo, os ovos ligeiramente batidos, o sal, o açúcar e mexa bem com uma colher. Acrescente a farinha aos poucos, sempre mexendo. Esta massa não fica dura nem mole demais.

Tampe o bowl e deixe crescer até dobrar de volume, por mais ou menos 1h. Após, reparta a massa em duas partes iguais e coloque em formas retangulares de 40 cm x 25 cm, untadas. Deixe a cuca crescer novamente por meia hora. Coloque então o recheio.

Recheio
Derreta o chocolate branco no micro-ondas de 30 em 30 segundos, Após totalmente derretido adicione o creme de leite e misture.

Farofa
Misture todos os ingredientes e mexa bem até ficar quebradiça. Asse no forno pré-aquecido a 180ºC, assando por cerca de 20 minutos. Montagem: massa, abacaxi picado, ganache e farofa de alecrim.

 

Deixe uma resposta