Com foco no esporte e em eventos para a comunidade, a Sociedade Santos Dumont tem, para este ano, projetos de reformas e melhorias em seu espaço. Na última terça-feira, 1º de maio, o clube completou 54 anos, e possui hoje um número de sócios titulares que varia de 100 a 150.

O presidente Pércio Dalago explica: “Embora tenhamos sócios que estão no clube desde a fundação, os sócios vêm e vão. Depende do mês”. Reeleito pela segunda vez, o presidente já faz parte da diretoria do clube desde 2000. A gestão atual se estende até 2019.

Pércio Dalago assumiu seu primeiro mandato como presidente do clube em 2014. | Foto: Natália Huf

Segundo o presidente, o próximo projeto do clube é a reforma da portaria. “Nós sentimos essa necessidade e estamos com projeto para mudar. No ano passado, reformamos toda a parte externa do clube, e a portaria ficou faltando.” Ele conta que o plano é cobrir a guarita, fazer uma calçada e comenta o plano de pavimentar o estacionamento. “Isso eu digo que é um sonho da diretoria, pois a gente sabe o custo que tem.”

“A ‘Toca do Coelho’, espaço de eventos do clube, acabou de passar por uma reforma também.” Dalago conta que foram feitas melhorias nos banheiros, com a troca das pias, e que o espaço recebeu uma nova pintura.

“O clube não é de pessoas, mas da sociedade brusquense.” O presidente pontua que, embora tenham sócios, o Santos Dumont é um espaço para a comunidade, e oferece isso através de eventos e atividades esportivas que acontecem no local.

Atividades e espaços
Uma das principais atividades do clube é a escolinha de futebol, que já existe há cerca de 26 anos e atende em torno de 150 alunos, que são crianças e adolescentes de quatro a 16 anos. No momento, a escolinha fechou parceria com o Brusque para que a categoria sub-15 do time seja representada pelos meninos do clube.

“Mas nosso clube não é para revelar craques”, diz o presidente. “Nós até temos um rapaz que saiu daqui e está treinando no Internacional, mas esse não é o nosso foco. Criamos essa atividade como uma alternativa para os jovens e para que o clube tenha essa interação com a sociedade.”

Escolinha de futebol existe no clube há cerca de 26 anos. | Foto: Natália Huf

Porém, o campo do Santos Dumont não é utilizado apenas pela escolinha: Dalago conta que o espaço foi solicitado pela prefeitura para os treinos do time de futebol americano e que é também cedido para que outros times treinem. Além disso, o clube também recebe e sedia competições de nível municipal.

Além do campo de futebol, a sociedade conta com espaços de piscina, sauna, academia, ginásio poliesportivo e tem planos para criar quadras de areia para a prática do futvôlei e beach tennis. A academia, que é aberta para os sócios, possui também atividades destinadas ao público infantil, que pode, a partir dos dez anos, treinar e ter acompanhamento do professor.

As quadras de areia, segundo o presidente, são um pedido dos sócios, que procuram a prática do beach tennis. “Temos alguns associados que gostam, jogam e querem praticar. Por isso, estamos estudando a possibilidade de fazer aqui no clube também.”

Para atender a parte social, o clube tem uma parceria com o Schmitt Buffet e Eventos, empresa que atua no espaço do Santos Dumont desde 2001. O espaço social do clube possui três salões de festas – o maior, no andar de cima, tem capacidade para 2 mil pessoas, e os menores são para 300 e 400 pessoas. Segundo o presidente, os salões são bastante utilizados pelos sócios, que procuram bastante o espaço para festas e eventos.

“Quando a Schmitt veio, ajudou bastante a reformular a cara do clube, trazendo mais eventos, aproveitando mais a estrutura dos salões sociais que temos. Desde então, firmamos essa parceria e atuamos muito juntos”, afirma Dalago.

“Imagina, ter um salão desses, e não trazer a comunidade pra cá?”, diz. Por isso, ele conta que, em parceria com o restaurante, a diretoria do Santos Dumont iniciou um projeto para mostrar mais o clube para a sociedade e para torná-lo conhecido. “Essa, inclusive, é uma das razões para as reformas da portaria e do estacionamento: receber as pessoas nos eventos.”

Conheça o clube
Fundado em 1º de maio de 1964, o Clube Santos Dumont começou no período da ditadura militar. Na época, não era permitido fazer reuniões em casa – portanto, a primeira reunião dos sócios fundadores aconteceu na paróquia do bairro Santa Terezinha.

“Na reunião, sugeriram vários nomes para o clube. ‘Ah, coloca Flamengo’, ‘Não, Corinthians!’, até que um deles falou: ‘Por que não Santos Dumont?’, que é o nome da rua principal aqui do bairro. E aí ficou”, conta Dalago.

Inicialmente, o clube era muito conhecido pelas atividades de bocha. Contava com quatro canchas, porém, as atividades foram interrompidas pela falta de procura. Hoje, o principal foco esportivo é o futebol, com a escolinha para crianças e adolescentes de quatro a 16 anos.

Sociedade Santos Dumont
Presidente: Pércio Dalago (2017 – 2019)
Fundação: 1º de maio de 1964
Endereço: Rua Santos Dumont – Santa Terezinha
Telefone: 3350-0750

Deixe uma resposta