A 5ª Fairtec reunirá em um só lugar empresas com tecnologia de ponta no segmento de construção civil, além de trazer novidades em decoração e imóveis. Já consolidada, a feira tem grandes fábricas, escritórios e indústrias em seu portfólio. Conheça alguns dos expositores.

Protenet vai apresentar sistema de monitoramento por câmeras e outras soluções | Fotos: Divulgação

Segurança inteligente

A Protenet, também de Brusque, marcará presença na feira, afinal a segurança é um quesito cada vez mais presente na vida das pessoas. Manter a própria casa protegida é um item de necessidade atualmente.

A Protenet apresentará um novo modelo de central de segurança sem fio. Ulisses Ramon Silva Rocha, gerente, explica que se trata de um sistema moderno lançado recentemente pela Intelbras.

Essa central tem como diferencial ter tanto a sirene, quanto teclado e sensor sem fio. Além disso, quando algo é detectado, uma foto é enviada automaticamente no e-mail cadastrado.

Ramon destaca que todo o sistema é ligado a uma bateria de longa duração. O dispositivo também é sem fio e tem longo alcance, pois antigamente a distância era bastante limitada.

Outra diferença fundamental é a quantidade de partições. Na central antiga, era possível manter até quatro, mas com a nova são 16.

Cada partição é uma unidade isolada. Por exemplo, uma empresa que tenha três setores pode ter uma partição para cada setor, com isso, o funcionário não têm acesso ilimitado ao edifício.

A Protenet também apresentará as câmeras OCR (em português, Reconhecimento Óptico de Caracteres), que identificam as placas de veículos. Ramon explica que o algoritmo consegue ler as placas inclusive à noite, graças à tecnologia.

O gerente afirma que hoje em dia câmeras para identificar veículos é uma demanda bastante procurada. A Protenet também vai expor e comercializar outras soluções e produtos no local.

Casas pré-fabricadas também estarão na feira | Foto: Divulgação

Casas pré-fabricadas

As charmosas e aconchegantes casas de madeira terão lugar de destaque nesta edição da Fairtec. A Visual Casas, do bairro Souza Cruz, de Brusque, construirá uma casa na entrada do pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof.

Andrei Pereira, projetista e vendedor, explica que o diferencial da Visual é que a empresa tem madeira e também os equipamentos necessários para o processo de autoclave do material.

Madeira autoclavada, como é chamada, é mais vantajosa. “É uma madeira que passa por um tratamento químico que garante durabilidade de mais de 70 anos, deixando ela impermeável, sem cupim e sem apodrecimento”, explica Pereira.

A Visual atua em todo o território nacional. A empresa trabalha de duas formas: só o kit de madeira ou o serviço desde a produção da casa até a montagem. As moradias podem ter um formato pré-definido ou seguir o que o cliente deseja. A cozinha e o banheiro são feitos de alvenaria.

Centro Integrado de Projetos terá telão em seu estande | Foto: Divulgação

Centro Integrado de Projetos

O grupo Fabrício Pavesi Arquitetura estará presente com seu escritório e também com o Centro Integrado de Projetos. A sócia do centro, Patrícia Nunes, explica que a empresa tem como diferencial a assessoria do início ao fim de um projeto.

O Centro Integrado oferece soluções para construtoras desde a elaboração do projeto arquitetônico até chegar ao consumidor. “São serviços bem específicos para construtoras, desde estudo de viabilidade, projetos, enfim. É uma empresa completa que presta todo tipo de serviços para construtoras”, explica Patrícia.

A sócia destaca que a empresa atua, inclusive, na elaboração do plano de marketing e de vendas. “E temos algumas novidades: empresas fortes de Blumenau, Joinville e Florianópolis, associadas ao Centro Integrado, também estarão na feira”.

Os parceiros estarão presentes com profissionais que informarão quem chegar ao estande. O Centro também estará com um telão de cinco por três metros no local para mostrar seus projetos.

Tesoura elétrica é novidade da Walpa | Foto: Divulgação

Tecnologia para locação

A Walpa Instaladora e Distribuidora de Materiais Elétricos, de Brusque, estará presente com um estande. Fernando José de Oliveira, proprietário, explica que a principal novidade será o serviço de locação de materiais para construtoras.

“Antes, as empresas daqui tinham que ir locar em Itajaí, Blumenau e Joinville”, comenta o empresário. Alugar equipamentos nessas cidades é mais caro devido ao frete.

Na parte de maquinário, a novidade da Walpa é uma tesoura elétrica que substitui os andaimes (que já não podem mais ser usados) para trabalhos em altura. Esse equipamento atinge até 14 metros de altura, portanto, é útil na construção de galpões que têm pé-direito alto.

A Walpa participa desde o início da Fairtec. “A nossa expectativa é muito boa. Participamos desde a primeira feira e sempre conseguimos reforçar a nossa marca”.

Vanifer tem como diferencial as vigas e colunas soldadas | Foto: Divulgação

Colunas mais resistentes

A Vanifer, de Brusque, é outra empresa que participa da Fairtec desde a sua primeira edição. Neste ano, a fábrica trará como atrativo principal um tipo de coluna mais resistente.

A viga normal é de concreto e é amarrada com arames pelo pedreiro no canteiro da obra. “A novidade são as colunas e vigas soldadas, que são produzidas em máquinas e feitas conforme o cliente quer”, explica Ivanir Knihs, proprietária da Vanifer. 

A empresa está trazendo essa tendência de mercado, que reduz mão de obra. “Já existe, mas agora o mercado está começando a reagir. Estava mais fraco, mas agora o pessoal está buscando pronto”, diz a empresária.

Além das vigas e colunas, a Vanifer apresentará em seu estande estribos contínuos e individuais, sapatas e blocos de fundação.

Deixe uma resposta