Por meio do exame de rotina, em outubro de 2015, Mariângela Silva dos Santos de Souza, 49 anos, descobriu um nódulo na mama esquerda.

O ultrassom detectou a doença que ela mais temia. Um dos seus cinco filhos e o seu esposo foram os primeiros a saber da notícia. “Foi horrível, eu chorei um monte, entrei em desespero”, conta.

Porém, após o primeiro impacto, Mariângela levantou a cabeça e foi atrás de fazer todo o tratamento médico. Com apoio da sua família, da Rede Feminina de Combate ao Câncer e dos seus patrões – com quem trabalha há 20 anos -, teve forças para vencer a doença.

Mariângela Silva dos Santos de Souza
Idade: 49 anos
Profissão: Doméstica
Bairro: São Pedro

Em março de 2016 fez a cirurgia e retirou toda a mama, além de passar por sessões de quimioterapia. Além de perder o cabelo e algumas amizades, que segundo ela, se afastaram por causa do câncer, Mariângela está curada e continua apenas realizando o acompanhamento médico. Hoje também já voltou ao trabalho e se sente 100% bem.

“No começo é difícil, mas o segredo é não se entregar para a doença. Graças ao amor e apoio dos meus filhos, netos, do meu esposo, da família da Rede Feminina e dos meus patrões, hoje estou ótima”, diz ela, que recomenda que a qualquer suspeita, as mulheres procurem ajuda.

“É preciso fazer exames de rotina e não se entregar, nunca, de jeito nenhum”.

Por meio do exame de rotina, em outubro de 2015, Mariângela Silva dos Santos de Souza, 49 anos, descobriu um nódulo na mama esquerda. O ultrassom detectou a doença que
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês